terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Gabriel Elias se apresenta pela primeira vez em Curitiba

O músico e compositor Gabriel Elias vem a Curitiba pela primeira vez no dia 5 de fevereiro, domingo. O mineiro de 22 anos é uma das promessas da música brasileira, com mais de 10 milhões de acessos no Youtube e mais de 45 canções. Entre elas, a música "Solar", seu último lançamento, considerada trilha sonora oficial do verão brasileiro.
No mesmo dia, o artista faz duas apresentações, uma às 16h e outra às 18h30 e conta ainda com a participação especial da cantora Ana Gabriela, que passou pela capital paranaense em novembro do ano passado.
O repertório de Gabriel Elias é inspirado em Jamie Cullum, John Mayer, Michael Bublé, Maria Gadú, Tiago Iorc e Marcelo Camelo, entre outros artistas. Com clima de verão, suas músicas misturam pop, reggae e surf music num estilo praieiro. Elias está rodando o país em sua nova turnê, que passará por mais de 40 cidades.
O evento acontece no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura (Shopping Curitiba), com duração de uma hora. Os ingressos custam R$ 70,00 e R$ R$ 35,00 (meia-entrada para estudantes, idosos e professores de escolas públicas). Os interessados podem adquiri-los sem taxa, no local.
Mais informações: 3941-0292 / 3026-1000 ou www.shoppingcuritiba.com.br.


Diretriz Arte contemporânea expõe novas obras na 1ª Expo Mix

O público curitibano tem a oportunidade de visitar a 1ª Expo Mix por mais um mês, como uma opção de passeio cultural para o atual período de férias. Desde sua inauguração, a exposição coletiva com trabalhos de 23 artistas passou por uma repaginada, e novas obras dos mesmos autores ganharam espaço na Diretriz Arte Contemporânea. Sendo assim, até mesmo quem já passou pela exposição encontrará novidades.
Além de apreciar obras das mais variadas técnicas, há a possibilidade de adquirir os trabalhos expostos, pois a galeria também é um ponto de venda de obras-de-arte. A Diretriz Arte Contemporânea está localizada no 3º andar do Shopping Pátio Batel e tem entrada gratuita.
Inaugurada em 8 de dezembro em comemoração ao primeiro aniversário da Diretriz Arte Contemporânea, a 1ª Expo Mix fica em cartaz até 23 de fevereiro, reunindo obras de artistas nacionais e internacionais das mais variadas técnicas. É a oportunidade do público apreciar de perto esculturas do conceituado artista pernambucano Francisco Brennand e dos paranaenses Paulino Lazur (que assim como Brennand também apresenta telas em acrílica na exposição) e Alfi Vivern.
Para os apreciadores de pintura sobre tela, a 1ª Expo Mix conta com obras de José Antonio de Lima, Celso Coppio e Maria Luiza Kozicki, além de aquarelas de Luiz Arthur Ribeiro. Em serigrafia, dois artistas nipo-brasileiros contam com obras expostas: Kazuo Wakabayashi e Manabu Mabe (este último, em uma série póstuma). A fotografia tem uma grande variedade de representantes, com artistas de estilos e olhares dos mais diversos como Orlando Azevedo, Vilma Slomp, Fábio Salomão, Joseane Daher, Christianne Hoffrichter e Zuleika Bisacchi.
Na área de gravura, a 1ª Expo Mix está bem representada com Guita Soifer, André Coelho (foto) e Lui Zuccherelli de Paula. A mostra conta até com trabalhos em vídeo, apresentando uma obra do conceituado artista multimídia paulistano Tadeu Jungle e dos paranaenses Gio Soifer e o já citado André Coelho. Há também obras em técnicas mistas, como os objetos de Gilsa Bendlin, os recortes e guaches sobre papel de Diogo Duda e os suportes diferenciados com pigmentações naturais de Eleutherio Netto.

Diretriz Arte Contemporânea - Inaugurada em dezembro de 2015 pela galerista Zuleika Bisacchi, a Diretriz Arte Contemporânea realiza um trabalho de responsabilidade, critério, coerência, integridade e respeito aos artistas e ao público apreciador das artes, em suas diversas linguagens e criações artísticas. Trata-se de um espaço de contemplação e cultura, onde o investidor tem a oportunidade de apreciar e adquirir obras de artistas já consagrados, assim como daqueles que estão despontando no meio com um trabalho sério de criação, estudo e pesquisa.

A Diretriz Arte Contemporânea está situada na Av. do Batel, 1868 (Shopping Pátio Batel, piso L3 / loja 329) e pode ser visitada de segunda a sábado das 10h às 22h; domingo das 14h às 20h, com entrada gratuita. Mais informações: 3020-3667.

Calendário de exposições de 2017 do Museu Alfredo Andersen inicia com duas mostras

O Museu Alfredo Andersen abre seu calendário de exposições de 2017 na próxima quinta-feira (2) com as mostras “Trajetória no Museu Alfredo Andersen – Um Século de Arte no Paraná” e “Poema sem Rosto”. A entrada é gratuita.
“Trajetória no Museu Alfredo Andersen – Um Século de Arte no Paraná” dá continuidade à exposição em cartaz no Museu Oscar Niemeyer (MON), que conta a história do artista norueguês que se mudou para Curitiba em 1902 e transformou sua casa em ateliê e escola de arte, sendo um dos primeiros pintores profissionais do Estado. Obras de Andersen e seus discípulos compõem a mostra, que permanece até o dia 5 de março de 2017.
Já “Poema sem Rosto”, da artista Ivana Lima, é composta por uma série de 25 gravuras digitais produzida entre 2012 e 2015, que remete à sua infância. Foram usadas fotografias pessoais da artista e de seus amigos como base. As gravuras ilustram situações cotidianas, mas nenhum personagem pode ser identificado, pois não possui rosto, o que permite que cada visitante se projete naquele momento e se identifique com aquela memória.
"Revelar momentos marcantes foi o critério que usei na hora de selecionar as imagens. Todas têm uma história e são muito importantes na vida de quem cedeu seu uso, por isso elas são cheias de alma", comenta Ivana.
No dia da abertura haverá o lançamento do catálogo da exposição: uma caixa reunindo imagens das obras no formato de cartão postal com haicais de Darya Goerisch, especialmente compostos a partir das gravuras. A mostra encerra no dia 26 de março de 2017.

O Museu Alfredo Andersen está situado na rua Mateus Leme, 336, São Francisco. Curitiba/PR e pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h, com entrada gratuita. Mais informações: 3222-8262 / (41) 3323-5148 ou www.maa.pr.gov.br.

Domingo tem "Thunderstruck Food Park" edição de verão no Crossroads

O clima praiano vai invadir o Crossroads (Av. Iguaçu, 2.310) no próximo domingo, dia 5 de fevereiro, durante o primeiro “Thunderstruck Food Park” da temporada de verão do ano, que chega à sua oitava edição. Será montada uma grande estrutura no estacionamento da casa com decoração temática, restaurantes sobre rodas e música ao vivo, para receber o público das 13h30 às 22h. A entrada é gratuita.
Formando uma praça de alimentação no estilo de feiras gastronômicas da cidade, o Crossroads vai receber food trucks, como o Food Machine, com seus hambúrgueres e o Master Of Wrap, com seus nobres sanduíches enrolados. Também terá a Bravo! Trattoria Móvel que proporciona experiências agradáveis a quem aprecia e se identifica com a cultura food truck e a culinária italiana. Para completar, terá food bike com Gelataio, que vai oferecer seus gelatos artesanais italianos. Ainda o público poderá apreciar na Beer Kombi, quatro opções de chope artesanal Bastards.
Para animar a galera, a programação conta com shows das bandas Duo & Famiglia, que vai tocar clássicos do rock em versão desplugada; Orange Cab, que vai destilar seu som com pegada pop, soul, folk e r&b.  No repertório, versões de Joss Stone, Amy Winehouse, Johnny Cash, John Legend e Marvin Gaye, entre outros. Para fechar, a banda catarinense Morning Sun, vai mostrar o melhor da surf music e do pop rock internacional. Formada em 2005, o grupo conta com Luc Costa (vocal e violão), Andrey Riley (baixo), Gabriel Santos (guitarra) e Nandu Guedes (bateria). O quarteto catarinense é reconhecido pelo público através de suas releituras mais sofisticadas que fazem um passeio pelo rock, reggae, blues e outras vertentes. Na bagagem, eles trazem sucessos de Jack Johnson, Ben Harper, Sublime, Bob Marley, The Beautiful Girls e Donavon Frankenreiter, entre outros. Durante o intervalo das apresentações o Dj Double, faz um passeio pelas vertentes do rock.

Mais informações: 3243-3711 / 3024-2004 ou www.crossroads.com.br.

Personagens dos quadrinhos curitibanos são tema de exposição em shopping

O espaço de exposições do Shopping Jardim das Américas recebe, de 1º a 12 de fevereiro, a mostra “A Fabulosa Galeria de Personagens de Curitiba”, que apresenta um panorama dos personagens das histórias em quadrinhos de autores curitibanos. A mostra foi organizada pela Gibiteca de Curitiba, com curadoria de Fulvio Pacheco.
A exposição reúne um total de 65 personagens. Em formato de álbum de figurinhas, traça um panorama cronológico das histórias em quadrinhos de Curitiba por meio de seus personagens, iniciando com o Chico Fumaça de 1926, de autoria de Alceu Chichorro, passando pelo Homem Relâmpago de Poty Lazarotto, Maria Erótica de Claudio Seto, Smilinguido de Marcia D´Haese, Marcozinho de Tako X, Loira Fantasma de Fulvio Pacheco, Curitibinha de Marcos Vaz, Amely de Pryscila Vieira, Barão do Serro Azul de Marcelo Lopez, Malu de José Aguiar, entre outros.

O Shopping Jardim das Américas está situado Av. Nossa Senhora de Lourdes, 63 e “A Fabulosa Galeria de Personagens de Curitiba” pode ser visitada de 1º a 12 de fevereiro, de segunda a sábado, das 10h às 22h, com entrada franca.

Inscrições abertas para o Salão Paranaense que será realizado a partir de 8 de junho

A 66ª edição do Salão Paranaense está com inscrições abertas até 30 de março. Serão selecionados 25 artistas para exporem suas obras durante o Salão Paranaense, considerado um dos principais eventos de artes plásticas do país. A exposição será realizada de 8 de junho a 10 de setembro de 2017, no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR).
Podem participar artistas brasileiros e estrangeiros que residam legalmente no Brasil, com idade igual ou superior a 18 anos. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no site www.cultura.pr.gov.br. Cada artista selecionado recebe um prêmio de participação no valor de R$ 7 mil. Serão contemplados dois participantes com o prêmio aquisição, no valor de R$ 20 mil reais, cujas obras passam a integrar o acervo permanente do MAC-PR.
O principal objetivo do evento é mostrar a produção, fomentar a discussão, promover o conhecimento e a valorização da arte contemporânea, selecionando, convidando e premiando 25 artistas visuais”, explica a diretora do MAC-PR, Lenora Pedroso.
O comitê curatorial será constituído por três membros de reconhecida atuação na área das artes visuais.

Salão Paranaense - O Salão Paranaense foi criado em 1944 e passou a ser realizado pelo Museu de Arte Contemporânea, unidade da SEEC, desde 1970. Em 2005 o evento se tornou bienal, ampliou a área de abrangência e instituiu prêmios a todos os artistas selecionados e convidados. Desde sua concepção original, o Salão acolhe propostas que apontam novos caminhos para as artes visuais.

Museu Oscar Niemeyer tem visita mediada e horário estendido

O Museu Oscar Niemeyer (MON) funciona em horário estendido toda primeira quinta-feira do mês, ficando aberto até as 20h e com entrada gratuita a partir das 18h. Em fevereiro o horário especial será no dia 2.
Os visitantes poderão participar de visita mediada pela mostra “Trajetória: 114 Anos da Escola de Alfredo Andersen”, às 19h. A mediação será feita por Maria Aparecida de Lima Gonçalves, coordenadora da Ação Educativa do Museu Alfredo Andersen. A exposição conta com obras do artista, que é considerado o pai da pintura paranaense, e de seus discípulos.
Além da mediação, o público poderá visitar as outras exposições em cartaz no MON: “Gonçalo Ivo: a Pele da Pintura”, “Arte Moderna na Coleção da Fundação Edson Queiroz”, “Memória das Ruas: Retratos dos Personagens de Curitiba”, “Valdir Cruz: IMAGO - O Olhar do Sabiá”, “Jefferson Cesar - Um Dom Quixote na Arte do Paraná”, “MAC-MON: Um Diálogo”, “Obras Sob a Guarda do MON”, “Histórias do Acervo MON - Em Aberto”, “Museu em Construção”, Espaço Niemeyer e Pátio das Esculturas.

Mais informações: 3350-4400 ou www.museuoscarniemeyer.org.br

O projeto Menu Musical do Shopping Curitiba é ampliado

O Largo Curitiba do Shopping Curitiba se consolida em 2017 como um dos espaços gourmet mais variados da cidade. Não se trata de uma simples praça de alimentação, mas de um ambiente aconchegante e confortável que reúne a culinária internacional nos restaurantes: Baraquias que oferece comida árabe, Outback Steak House que é especializado em carnes e pratos australianos, Ken Taki de cozinha oriental, e, em breve, o italiano Abbraccio.
Para completar, o Menu Musical, projeto da Lumen FM em parceria com o Shopping, amplia seus horários e artistas. A partir deste mês de fevereiro, serão três apresentações semanais, divididas durante o almoço e jantar.
De quartas a sábados, as experientes pianistas Ana Maria Ribeiro, Cida Maria Cardoso e Elizabeth Rech vão dividir o instrumento que dá um charme a mais para o Largo.

Sobre as artistas

Ana Maria Ribeiro é formada em piano clássico pelo Conservatório Musical Santa Clara (São Paulo), tornou-se especialista em música italiana devido ao trabalho realizado por muitos anos, em cantinas e tratorias. Ana toca às quartas e sextas das 12h às 14h; sábados das 13h às 15h.
Quartas e sextas das 19h às 21h são os dias das apresentações de Cida Maria Cardoso. Pianista com formação erudito-popular, professora de piano e educação artística, ela possui um repertório bastante eclético, passando pelo tango, chorinho, MPB, bossa nova e clássicos do cinema americano.
Elizabeth Rech começou a tocar acordeom, estudou piano e se aperfeiçoou em música erudita, seu amplo repertório inclui Modinhas, Boleros, Valsas, MPB, Tangos e temas de filmes clássicos. Tomou posse, pela ACCUR (Academia de Cultura de Curitiba) tornando-se Acadêmica Honorária. Elizabeth se apresenta às quintas e sábados das 19h às 21h

Mais informações: 3026-1000 ou www.shoppingcuritiba.com.br.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Dia do Quadrinho Nacional ganha programação especial na Gibiteca

A Gibiteca de Curitiba terá uma programação especial para a comemoração do Dia do Quadrinho Nacional, celebrado nesta sexta-feira (27). A programação vai até o mês de fevereiro com exposições e atrações como o Jogarta, evento de jogos de tabuleiro, estratégia, cartas e RPGs.
Para começar, nesta sexta-feira, às 19h, na Gibiteca, quadrinistas, ilustradores, roteiristas, caricaturistas, animadores, gamers vão debater com editores e profissionais da área as novas possibilidades da produção local para 2017.
Na pauta, a criação recorde de 45 revistas em quadrinhos curitibanas publicadas em 2016 e as possibilidades de produção, lançamento e distribuição.
Participaram da discussão “feras” como o quadrinista Fulvio Pacheco, coordenador da Gibiteca, os empresários Mitie Taketani, dona da loja Itiban, Marcelo Amado, da Editora Mondo Estronho e Marcelo Oliveira, da UCM Comics, e o diretor de criação da Fundação Cultural de Curitiba, Beto Lanza.

Programação: 

De 1 a 12 de fevereiro
A Fabulosa Galeria de Personagens de Curitiba - A exposição em formato de álbum de figurinhas acontece no Espaço de Exposição do Shopping Jardim das Américas e traça um panorama cronológico das histórias em quadrinhos de Curitiba através de seus personagens. Começa com o Chico Fumaça (1926) de autoria de Alceu Chichorro, passa por Poty Lazarotto (Homem Relâmpago), Claudio Seto (Maria Erótica), Marcia D´Haese (Smilinguido), Fulvio Pacheco (Marcozinho de Tako X, Loira Fantasma); Marcos Vaz (Curitibinha), num total de 65 personagens.

De 24 de fevereiro a 9 de abril
BD - Avenida Marginal, na Sala de Exposição da Gibiteca de Curitiba. São quadrinhos de países de língua portuguesa reunidos no Concurso Internacional de Banda Desenhada (BD) ou Histórias em Quadrinhos (HQ). A mostra, que chega a sua terceira edição, é uma iniciativa que fomenta a criatividade e o intercâmbio cultural.

25 de fevereiro
Jogarta - Sexta edição do evento de jogos de tabuleiro, estratégia, cartas e RPGs na Gibiteca de Curitiba, das 13h30 às 18h.

Elogiado drama de guerra, “Até o Último Homem” é uma das estreias da semana

Nada menos que dez filmes estreando nos cinemas curitibanos. Como sempre, para todos os gostos. O destaque fica por conta de “Até o Último Homem”, dirigido pelo ator Mel Gibson que recebeu seis indicações ao Oscar. Ao lado dele, os dramas “Beleza Oculta”, “Paraíso” e “Quatro Vidas de um Cachorro”; os documentários “Bikes vs. Carros” e “Axé: Canto do Povo de um Lugar”; a animação “A Bailarina”; as ficções “Max Steel” e “Resident Evil 6: O Capítulo Final”; e a comédia dramática “Mistério na Costa Chanel”.
Continuam em exibição “La La Land: Cantando Estações”, “Manchester à Beira-Mar”, “Assassin’s Creed”, “A Criada”, “Passageiros”, “Capitão Fantástico”, “Minha Mãe é um Peça 2”, “Assim Que Abro Meus Olhos” e “xXx: Reativado”.
Para as crianças, “Moana: Um Mar de Aventuras” e "Sing: Quem Canta Seus Males Espanta".
E duas pré-estreias: os dramas “A Espera” e “Estrelas Além do Tempo”.
Dá para se divertir bastante!!!

A BAILARINA - Animação franco-canadense assinada pela dupla Eric Summer e Eric Warin. A ação é ambientada na Paris do século XIX e narra a história de Felicie, uma sonhadora menina órfã que almeja realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Para isso, a jovem toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris e, se passando por outra pessoa, consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai viver muitas aventuras.
Indicação etária: Livre

ATÉ O ÚLTIMO HOMEM - Drama de guerra que recebeu seis indicações ao Oscar, incluindo melhor filme e diretor, Mel Gibson (“Coração Valente”). Baseado em uma história real acontecida durante a Segunda Guerra Mundial, tem como protagonista o médico do Exército Desmond T. Doss que se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas.
Assim, durante a Batalha de Okinawa, ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens. A postura ganha repercussão e o médico recebe uma Medalha de Honra do Congresso, tornando-se o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana. Andrew Garfield encabeça o elenco, que também conta com Teresa Palmer, Luke Bracey, Sam Worthington, Hugo Weaving, Vince Vaughn, Rachel Griffiths, Nathaniel Buzolic e Ryan Corr.
Indicação etária: 16 anos

AXÉ: CANTO DO POVO DE UM LUGAR - Documentário convida a uma viagem de trio elétrico percorrendo as origens e a evolução da axé music - gênero musical brasileiro que conquistou o mundo. A estreia do diretor Chico Kertész nas telonas tem como traço o compromisso com a veracidade dos fatos e a pesquisa de imagens que mostram o sincretismo musical e cultural da Bahia. O filme reúne entrevistas e imagens de arquivo para revelar detalhes dos elementos que determinaram o nascimento do mais globalizado movimento musical do país e como essa expressão se tornou referência para artistas do mundo todo. Participações de Ivete Sangalo, Araketu, Asa de Águia, Banda Mel, Bell Marques, Chiclete Com Banana, Claudia Leitte e Daniela Mercury, entre outros.
Indicação etária: 12 anos

BELEZA OCULTA - Dirigida pelo americano David Frankel (“O Diabo Veste Prada”) e com um elenco de primeira: Will Smith, Edward Norton, Kate Winslet, Keira Knightley, Helen Mirren, Michael Peña e Naomie Harris. Quando um publicitário bem-sucedido (Will Smith) de Nova York sofre uma tragédia pessoal intensa e se isola de tudo, seus amigos elaboram um plano drástico para o tocar antes que ele perca tudo. O levando a seu limite, eles o forçam a enfrentar a verdade de formas surpreendentes e profundamente humanas.
Indicação etária: 10 anos

BIKES VS CARROS - Documentário dirigido pelo sueco Fredrik Gertten. Em tempos de uma crise generalizada, é necessário relacionar algumas discussões no que tange ao clima, recursos naturais e cidades. A indústria automobilística cresce desenfreadamente. Ciclistas militantes buscam mudanças radicais na mobilidade das grandes cidades. As diferenças no uso de bicicletas e de carros são gritantes em comparação entre algumas cidades, como São Paulo e Copenhague.
Indicação etária: Livre

MAX STEEL - Aventura para o público infanto-juvenil dirigida por Stewart Hendler (“Pacto Secreto”) e estrelada por Ben Winchell, Megan Hayes, Maria Bello, Andy Garcia, Mike Doyle, Ana Villafañe, Tim Greene, Jahnee Wallace, Mary Christina Brown. O jovem Max McGrath e sua mãe acabam de voltar para a cidade em que o seu pai, um famoso cientista, morreu em um misterioso acidente. Quando Max está adaptando-se à sua nova escola percebe algo muito estranho. Seu corpo começa a gerar uma estranha energia que ele não sabe como controlar. Este poder, primeiramente o deixa muito confuso e ao mesmo tempo animado, mas acaba por forçar seu distanciamento das pessoas que o cercam, incluindo a garota que ele gosta. Um extraterrestre tecno-orgânico chamado Steel, que estava secretamente monitorando o progresso de Max, o salva pouco antes dele perder a consciência. Quando estes dois improváveis amigos aprendem a aceitar que seus destinos estão conectados, eles começam a descobrir os segredos que giram em torno da morte do pai de Max.
Indicação etária: 10 anos

MISTÉRIO NA COSTA CHANEL - Comédia franco-alemã dirigida pelo francês Bruno Dumont (“Camile Claudel, 1915”) e estrelada por Fabrice Luchini, Juliette Binoche, Valeria Bruni Tedeschi e Jean-Luc Vincent. No verão de 1910, misteriosos desaparecimentos deixam em polvorosa a baía de Slack, no Norte da França. Uma desastrosa dupla de detetives chega para investigar e logo conhece a suspeita família do jovem Ma Loute, cujo pai é um pescador local. Do outro lado da baía fica uma antiga mansão, onde Billie, uma menina andrógina, vai passar férias com sua degenerada família. Porém, mais confusão e mistério cairão sobre as duas famílias com o início de uma devoradora paixão entre Billie e Ma Loute.
Indicação etária: 14 anos

PARAÍSO - Drama coproduzido entre Rússia e Alemanha, dirigida pelo veterano russo Andreï Konchalovsky (“A Última Estação”) e estrelado por Yuliya Vysotskaya, Philippe Duquesne, Christian Clauß, Peter Kurth e Caroline Piette. Durante um terrível período de guerra e de intensos conflitos bélicos, as vidas de três pessoas acabam se cruzando: Olga, uma imigrante russa militante da Resistência francesa; Jule, um chefe de polícia francês e colaboracionista; e Helmut, um jovem coronel nazista, encarregado de fiscalizar a corrupção dos comandantes de campos de extermínio. Presa por esconder crianças judias, Olga é entregue a Jules, mas o manipula para liberá-la em troca de favores sexuais. Um incidente tira Jules de seu caminho e ela é encaminhada a um campo de concentração, onde será descoberta por Helmut, que a conhecera brevemente no passado. Investido de toda a autoridade, Helmut toma Olga como sua amante – o que não a poupa do horror de continuar ali.
Indicação etária: 14 anos

QUATRO VIDAS DE UM CACHORRO - Drama dirigido pelo sueco Lasse Hallström (“Sempre ao Seu Lado”) e estrelado por Dennis Quaid, Britt Robertson, Josh Gad, Peggy Lipton, Juliet Rylance, Pooch Hall e Logan Miller. Um cachorro morre e reencarna várias vezes na Terra. Embora encontre novas pessoas e viva muitas aventuras, ele mantém o sonho de reencontrar o seu primeiro dono, que sempre foi seu maior amigo.
Indicação etária: Livre

RESIDENT EVIL 6 - O CAPÍTULO FINAL - Baseado no popular jogo de vídeo game da Capcom, chega aos cinemas o capítulo final da franquia de game mais bem-sucedida do cinema, novamente sob a direção do britânico Paul W.S. Anderson (“Pompeia”). Alice é a única sobrevivente do que era para ter sido a última chance da humanidade de lutar contra os mortos-vivos. Agora, ela precisa retornar para o lugar onde esse pesadelo começou – a Colmeia, em Racoon City, onde a Umbrella Corp está unindo forças para uma última batalha contra os sobreviventes do apocalipse. O elenco conta com Milla Jovovich, Ruby Rose, Ali Larter, Shawn Roberts, Iain Glen, William Levy, Eoin Macken e Joon-Gi Lee.
Indicação etária: 14 anos
Veja o trailer 

Capital Inicial leva seu acústico NYC a Guaratuba no sábado

Mais de 15 anos se passaram e o sucesso indiscutível do único álbum acústico do Capital Inicial ainda reverbera no coração de seus fãs. Como uma ode àquela época, ao rock brasileiro e aos sucessos registrados pela banda de lá para cá, o CD e DVD “Acústico NYC” traz o quarteto repaginado, em sua melhor forma técnica, tocando suas canções mais recentes de forma desplugada, sem esquecer também os grandes sucessos de sua rica história. Com realização da Prime, a banda desembarca em Guaratuba neste sábado (28), com a nova turnê, que leva o nome do CD e DVD, para única apresentação no Café Curaçao (Rua Brejatuba, 500), a partir das 23h59.
O DVD, produzido pelo parceiro de longa data Liminha, tem três canções inéditas do público, todas com participações mais do que especiais. O guitarrista Thiago Castanho, ex-Charlie Brown Jr., ajudou a compor “Doce e Amargo”, que é uma homenagem à capital paulista tão marcante na história da banda e do vocalista Dinho Ouro Preto. “A Mina” resgata o espírito do Acústico MTV principalmente por ter sido composta por Kiko Zambianchi, que tocou violão na antológica gravação do ano de 2000. A outra do pacote é “Vai e Vem”, que está nas rádios e tem a voz mais que especial de Seu Jorge, com uma letra que reflete o atual momento conturbado da política brasileira.
Fora as tão aguardadas novidades, o fã pode esperar recentes sucessos do Capital em versão acústica, como é o caso de “Mais”, “À Sua Maneira”, “Quatro Vezes Você”, “Eu Nunca Disse Adeus”, “Vamos Comemorar”, “Olhos Vermelhos”, “O Lado Escuro da Lua”, “Como Devia Estar”, “Depois da Meia Noite”, “Como se Sente” e muito mais, dando espaço também a canções do tão adorado Acústico MTV e do período que o antecede.
Thiago Castanho será convidado especial no show em Guaratuba e figura de destaque na homenagem à sua antiga banda Charlie Brown Jr com o hit “Me Encontra”. Tributo tão necessário quanto será feito à Legião Urbana, com “Tempo Perdido”, que no DVD teve a participação de um dos maiores nomes atuais da MPB, o cantor Lenine.
Quem também acompanha a formação original do Capital Inicial com Dinho (vocal), Yves Passarell (violão), Flávio Lemos (baixo) e Fê Lemos (bateria) no show, é o virtuose Fabiano Carelli (violão) e também Robledo Silva (teclado), parceiro do grupo há vários anos. Para a apresentação, o cenário produzido por Zé Carratu e a iluminação de Césio Lima estão garantidos, sendo completamente fiéis à noite da gravação original em solo americano.

Esta apresentação do Capital Inicial tem ingressos que variam de R$ 55,00 (meia) a R$ 190,00 (inteira) de acordo com o setor da casa. A taxa administrativa de R$ 10,00 está incluída no valor. Mais informações: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br. Indicação etária: 12 a 16 anos somente com os pais; 16 a 18 anos acompanhado por um responsável maior de 21 anos.

Colégio Bom Jesus lança o 1.º edital de Ocupação Artística

O Colégio Bom Jesus, por meio do programa Bom Jesus Cultural, lança o 1.º edital de Ocupação Artística. A intenção é aumentar o leque de atividades ligadas à cultura, com o intuito de oferecer as melhores opções a serem apresentadas para alunos do Bom Jesus bem como para a sociedade em geral. Os interessados − grupos, companhias, pessoas físicas e jurídicas, entre outros − podem se inscrever gratuitamente pelo site http://bomjesus.br/diferenciais/cultural.vm. É possível concorrer às duas modalidades disponíveis, conforme descrito em documento. As inscrições para o 1.º semestre podem ser realizadas até 20 de março e, para o 2.º, até o dia 15 de julho de 2017. Mais informações pelo e-mail editalcultural@bomjesus.br
Segundo a assessora cultural do Bom Jesus, Mazé Portugal, o 1.º edital de Ocupação Artística pretende agregar uma série de questões. “Formalizar a contratação cultural por meio de edital é produtivo para quem concorre e para nós, pois temos a oportunidade mútua de nos conhecer. O alcance do edital é diferente e atinge a classe artística como um todo. Outro fator importante é a chance de ocuparmos nossos espaços com atividades de cunhos artístico e pedagógico. As companhias podem se unir e oferecer um apanhado de opções que enriqueçam o conhecimento cultural do nosso público infantil e jovem”, destaca a assessora.
Modalidade 1: consiste em apresentações para alunos do Bom Jesus. As unidades participantes são: Bom Jesus São José (São Bernardo do Campo/SP), Bom Jesus Externato (Pindamonhangaba/SP), Bom Jesus Vicente Pallotti (São Paulo/SP), Bom Jesus Rosário (Paranaguá/PR), Bom Jesus Santo Antônio (Blumenau/SC), Bom Jesus Coração de Jesus (Florianópolis/SC), Bom Jesus Aurora (Caçador/SC), Bom Jesus Nossa Senhora Aparecida (Venâncio Aires/RS) e Bom Jesus Sévigné (Porto Alegre/RS).
Modalidade 2: nesse modelo, além das apresentações para os alunos, as propostas inscritas podem contemplar outras sugestões para a ocupação gratuita como: palestras, lançamentos, debates, oficinas e até mesmo peças para adultos. Na modalidade 2, os participantes são: Teatro Bom Jesus (Curitiba/PR), Teatro Bom Jesus Diocesano (Lages/SC) e Cine Teatro Antônio Cândido do Amaral (Rio Negro/PR). Nesse último, é imprescindível que não haja cobrança de ingresso, para atividades oferecidas para a comunidade.
Para se inscrever nas modalidades, com até duas propostas, que podem ser para a mesma modalidade ou não, para a mesma cidade ou municípios diferentes, não há restrição; grupos, companhias, empresas ou atividades independentes podem enviar trabalhos, desde que realizem atividades culturais de cunho pedagógico e que atendam aos requisitos da Instituição. Os projetos escolhidos serão avaliados por uma comissão julgadora, formada por especialistas do meio artístico e também do setor pedagógico. “Estamos com uma expectativa muito grande e temos certeza de que vamos nos surpreender com os projetos que receberemos. O objetivo é contar com a participação de profissionais diversificados para oferecer aos nossos alunos e à comunidade atividades diferenciadas, que propiciem experiências culturais enriquecedoras”, completa a gerente pedagógica do Bom Jesus, Giselli Hümmelgen.

Bom Jesus Cultural - Com a intenção de atender a necessidades específicas voltadas à cultura, em 2016, nasceu o Bom Jesus Cultural; um projeto inovador e sustentável, que visa oferecer atividades diferenciadas aos alunos do Bom Jesus, à comunidade acadêmica e à sociedade. O Projeto vai unificar forças e esforços, com o intuito de promover espetáculos e ações que sigam a proposta pedagógica da Instituição. Todas as Unidades, nos cinco estados em que o Grupo atua, podem aderir voluntariamente ao Bom Jesus Cultural, além de trabalhar em parceria com o Bom Jesus Social, levando cultura de qualidade às instituições atendidas pelo Programa.

Aliança Francesa promove evento gratuito sobre literatura

A Aliança Francesa tem a tradição de promover a cultura por meio de eventos gratuitos e abertos ao público, como o Cineclube que exibe mensalmente filmes na Cinemateca de Curitiba; o Sarau Histoire que reúne historiadores em debates sobre a influência francesa no Brasil e o Café Philosophique, em que filósofos selecionam um tema e o discutem com os participantes.
Neste ano, uma das novidades é a Soirée Littéraire ou Noite Literária, em parceria com o engenheiro e apaixonado por literatura, Marcelo Almeida. Serão realizados debates sobre diferentes livros da cultura francesa e francófona. A primeira obra selecionada é “Tartarin de Tarascon”, de Alphonse Daudet. Além de ser um clássico, é engraçado e leve, o personagem é uma mistura de Dom Quixote com Sancho Pança e sofre com essa dualidade durante toda a história.
O encontro está marcado para esta quinta-feira, dia 26 de janeiro, às 19h30, no Café Babette, anexo à Aliança Francesa (Alameda Prudente de Moraes, 1101). Para participar é necessário inscrever-se gratuitamente na secretaria da Aliança Francesa. Os interessados podem emprestar a obra na Aliança, levar para ler, e devolvê-la logo após o evento. Mais informações: 3223-4457.

Últimos dias para visitar mostra interativa sobre Oscar Niemeyer no MON

O Museu Oscar Niemeyer (MON) encerra a exposição “Oscar Niemeyer: Vida e Obra – Arquitetura é Invenção” no dia 29 de janeiro, domingo. A mostra está aberta para o público desde 29 de setembro de 2016 e recebeu mais de 90 mil pessoas neste período.
“Vida e Obra – Arquitetura é Invenção” é completamente interativa e usa tecnologia para apresentar as fases da arquitetura de Niemeyer, os diferenciais de sua obra e sua visão humanista. A mostra conta com os principais projetos assinados pelo arquiteto, inclusive os que ainda não foram lançados, e apresentará os destaques de sua carreira.
Em parceria com a Fundação Oscar Niemeyer, a exposição foi idealizada pela YDreams Global, que assina a concepção expográfica e produção multimídia; e da Cuckoo Brand Experience & Marketing, proponente do projeto, responsável pela cenografia e por trazer o projeto para Curitiba.

Sobre Oscar Niemeyer - Niemeyer nasceu no Rio de Janeiro em 15 de dezembro de 1907 e morreu em 5 de dezembro de 2012, aos 104 anos. É considerado um dos maiores nomes da arquitetura moderna internacional.
Na década de 1940, Niemeyer projetou o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais, sob encomenda do prefeito Juscelino Kubitschek, construído entre 1942 e 1944. Nos anos 1950 foram construídos os edifícios que incluiriam Niemeyer definitivamente na história da arquitetura nacional e o projetariam internacionalmente: os primeiros prédios de Brasília, como o Congresso Nacional, o Palácio da Alvorada, a Praça dos Três Poderes e a Catedral.
No Brasil, em 1980, Oscar Niemeyer prestou uma homenagem ao amigo dos tempos da construção de Brasília, Juscelino Kubitschek, com a construção do Memorial JK. Nove anos depois foi a vez do Memorial da América Latina, um marco em São Paulo que celebra laços latino-americanos.
Em 1994 passou a ser também o arquiteto de espaços voltados à arte, como o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (RJ), e novamente dos espaços democráticos, como a sede da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília (1998). Autor de inúmeros projetos, alguns estão entre os mais importantes: Parque do Ibirapuera (São Paulo, 1951); a sede do Partido Comunista Francês (Paris, 1965); a Escola de Arquitetura de Argel (Argélia, 1968); a sede da Editora Mondadori em Milão (Itália, 1968); e a sede do jornal L Humanité, Saint-Denis (França, 1987).

Mais informações: 3350-4400 ou www.museuoscarniemeyer.org.br

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Museu Paranaense apresenta “Gufan, o Paranaense de Dois Mil Anos”

Nesta terça-feira (24), às 17h, o Museu Paranaense abre a exposição “Gufan, o Paranaense de Dois Mil Anos”. Por meio das tecnologias de reconstrução digital e realidade virtual será possível revelar ao público o rosto deste antepassado que viveu dois mil anos atrás nas proximidades de Prudentópolis, região central do Estado. O projeto é fruto de uma parceria entre o Museu Paranaense, o designer Cícero Moraes e a Beenoculus, empresa curitibana especializada em realidade virtual. A entrada é gratuita.
Os restos mortais de Gufan, um homem Proto-Jê, foram encontrados durante uma escavação em 1954, na paleo-aldeia em Estirão Comprido, um sítio arqueológico no município de Prudentópolis, área central do Paraná. “Esse projeto é uma grande oportunidade de trazer as novas tecnologias aos estudos arqueológicos, além de mostrar ao grande público um passado ainda desconhecido e surpreendente”, comenta a pesquisadora responsável pelo Setor de Arqueologia do Museu Paranaense, doutora Claudia Ines Parellada.
Além do ambiente 3D imersivo, a mostra apresentará o crânio e demais materiais ósseos junto com outros elementos relacionados aos antepassados de Gufan. Dessa maneira, o público poderá compreender como era a realidade dessa população dois mil anos atrás.

Sobre Gufan - Gufan pertencia a um povo indígena agricultor, ceramista e que possuía uma engenharia refinada de construções subterrâneas, habitando regiões com matas do pinheiro Araucária.

Tecnologia - Sessenta e três anos após as pesquisas iniciais, a tecnologia forense vai possibilitar ver como era o rosto desse paranaense milenar, por meio de uma técnica conhecida como reconstrução facial digital. É a primeira vez que uma face será apresentada em ambiente 3D imersivo no Brasil. Uma equipe de especialistas em realidade virtual e aumentada liderada por Alessandro Binhara está desenvolvendo uma plataforma para exibir a face de Gufan com óculos 3D, que literalmente colocam o espectador em outro mundo. No dia da abertura, Cícero Moraes realizará uma palestra para contar como foi o processo de reconstrução digital.

“Gufan, o Paranaense de Dois Mil Anos” é uma exposição de longa duração e pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. A entrada é franca. Mais informações 3304-3300 ou www.museuparanaense.pr.gov.br.

Orquestra Filarmônica de Violas sobe ao palco da Caixa Cultural Curitiba com 18 violeiros

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 27 a 29 de janeiro, a Orquestra Filarmônica de Violas, que integra o projeto “Brasil de Dentro – Tradições e Modernidades na Viola Caipira”. Em Curitiba, eles interpretam obras importantes da música de concerto e da canção brasileira e internacional e recebem como convidados Ricardo Herz (violino brasileiro) e Alexandre Ribeiro (clarinete).
As músicas escolhidas para o concerto incluem obras de Villa-Lobos, Milton Nascimento, Tavinho Moura, Ernesto Nazareth, Dominguinhos/Gil, Almir Sater e Tião Carreiro. 
A elaboração e interpretação dos arranjos são diferenciais da Filarmônica, que utiliza a estrutura equivalente aos naipes orquestrais, mas apenas com violas caipiras. Os violeiros são divididos em naipes (subgrupos) que executam, simultaneamente, linhas musicais independentes dentro de cada música. Agrupados por funções, diferentes naipes fazem melodia, acompanhamento com acordes, linhas de baixo, segunda melodia e percussão. Tudo utilizando o mesmo instrumento. O resultado sonoro harmonioso da viola brasileira de dez cordas, vivo, rico em detalhes e ao mesmo tempo popular, provoca uma ampla gama de sonoridades, texturas e nuances.
Além de arranjos bem elaborados, o desenvolvimento musical dos integrantes da Filarmônica é surpreendente.

“Encontro das Águas” - O show em Curitiba marca também o lançamento do álbum “Encontro das Águas”, que tem direção de João Paulo Amaral e como convidados alguns dos mais renomados solistas brasileiros da atualidade, de diferentes segmentos e estilos: Nailor Azevedo, o “Proveta”, e Alexandre Ribeiro no clarinete e saxofone, Fabio Presgrave no violoncelo, Ricardo Herz no violino, Toninho Ferragutti com seu acordeom. Além de participar como solista de violão de 8 cordas, e Chrystian Dozza compôs uma obra sob encomenda para a Filarmônica de Violas.
O álbum integra o projeto “Brasil de Dentro” que consiste ainda na criação de uma plataforma online sobre a OFV e que serve também como difusora de conhecimento acerca do instrumento –  www.filarmonicadeviolas.com.br.

Trajetória - A Filarmônica de Violas surgiu em 2001 na cidade de Campinas (SP), idealizada pelo reconhecido violeiro e pesquisador Ivan Vilela, que durante nove anos implementou sua proposta pioneira de aplicar arranjos orquestrados para um grupo instrumental apenas formado por violas caipiras. A partir de 2011, após um período de transição, o projeto musical continuou a ser desenvolvido sob a direção de João Paulo Amaral.
A Orquestra já registrou seu trabalho em dois álbuns homônimos, lançados em 2005 e 2011. Dentre os prêmios e indicações do grupo, destaques para Prêmio Rival-Petrobrás em 2005 na categoria Atitude, prêmios dos editais ProAC para a turnê Viola na Trilha dos Bandeirantes em 2008 e a criação da Plataforma online Filarmônica de Violas, em 2015.
O grupo já tocou com nomes como Tinoco, Tetê Espíndola, Irmãs Galvão, Renato Brás, Ana Luiza, Ná Ozetti, Suzana Salles, Ana Gilli, Paulo Freire, Lenine Santos, Nailor Proveta e Fabio Presgrave.

Livres para todas as idades, as apresentações da Orquestra Filarmônica de Violas acontecem sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h. Os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia, conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito Caixa). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura. Mais informações: 2118-5111.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Museu da Imagem e do Som do Paraná promove a Sessão Criança

De 24 de janeiro a 16 de fevereiro, o Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) promove a Sessão Criança. Toda terça e quinta-feira, às 14h30, um filme infantil nacional será exibido no auditório do museu. A entrada é gratuita.
A gente quer aproveitar esse período de férias para trazer as crianças para o museu. Além de ser uma atividade recreativa e uma opção de lazer gratuita, também é uma grande oportunidade para que os pequenos conheçam o espaço e se aproximem do museu”, comenta o diretor do MIS-PR, Beto Cavalheiro.
Os filmes que serão projetados fazem parte do acervo do museu e todos têm classificação indicativa livre. A Sessão Criança acontece no auditório do museu (Rua Barão do Rio Branco, 395, Centro), que tem capacidade para 30 pessoas.

Confira a programação

Dia 24 - Turma da Mônica em Uma Aventura no Tempo
Dia 26 - Didi, o Caçador de Tesouros
Dia 31 - Xuxa em Sonho de Menina
Dia 2 - Eliana em O Segredo dos Golfinhos
Dia 7 - Mitorama
Dia 9 - Tainá 2 (foto)
Dia 14 - O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili
Dia 16 -Castelo Rá-Tim-Bum

Mais informações: 3232-9113 ou www.mis.pr.gov.br

“O Bêbado” leva Fábio Silvestre ao teatro Lala Schneider

Curitiba tem os seus inconfundíveis e adoráveis clássicos: a vina, o biarticulado, o leite quente, o Oil Man, o Festival de Teatro de Curitiba e o espetáculo “O Bêbado”. Este clássico do teatro paranaense - estreou nos idos de 2003, contabiliza mais de 300 apresentações em 14 anos - está em curta temporada no teatro Lala Schneider, em Curitiba, às sextas-feiras de janeiro.
“O Bêbado”, criação de Fábio Silvestre (ator, diretor, humorista, autor, que pode ser visto no canal Multishow, no humorístico “Treme Treme”), retorna para sua já tradicional temporada de verão no Teatro Lala com preços populares: ingresso com preço único de R$ 20,00.
Fábio Silvestre conta que a iniciativa de preço único no verão, inspirada na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Belo Horizonte, “é um investimento na democratização de acesso ao teatro, uma alternativa para o público frequentar o teatro mesmo em tempos de orçamentos apertados para os brasileiros. Espero que o modelo de BH, se repita aqui. Já é a 43ª edição dessa campanha em Minas”.
Espetáculo de comédia, poesia e drama, “O Bêbado” faz a plateia viajar por histórias que aconteceram no cotidiano dos curitibanos, inclusive com passagens pitorescas pelas noitadas tradicionais.
Em uma mesa de bar, um homem embriagado narra suas histórias a um interlocutor imaginário, a quem chama de “doutor”. Nessa pitoresca conversa, o bêbado discorre, de modo quase delirante, sobre uma variedade enorme de assuntos: futebol, casamento, Shakespeare, alcoolismo e até sobre o Programa Brasileiro do Álcool. A cada caso contado, entra em cena um novo personagem. Rebeca, uma travesti do interior, dá uma palestra para a associação de bairro; o ex-ator pornô Paulo Peroba, faz um depoimento no Alcoólicos Anônimos sobre sua impotência sexual. Tem também o surfista de valetas, com sotaque impagável.

O Teatro Lala Schneider está situado na rua 13 de Maio, 629. Mais informações: 3232-4499 ou www.teatrolala.com.br.

Favoritos ao Oscar chegando aos cinemas curitibanos

“La La Land: Cantando Estações” e “Manchester à Beira-Mar”, considerados favoritos a ganhar muitas estatuetas do Oscar, estreiam neste final de semana. Também estreiam o drama “Assim Que Abro Meus Olhos”; a aventura “xXx: Reativado” e as comédias nacionais “Os Penetras 2: Quem Dá Mais?” e “Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo à Hollywood”, com os intermináveis Didi & Dedé.
Continuam em exibição “Assassin’s Creed”, “A Criada”, “Eu, Daniel Blake”, “Passageiros”, “Sully: O Herói do Rio Hudson”, “Capitão Fantástico”, “Minha Mãe é um Peça 2”, “Rogue One” e “Dominação”
Para as crianças, “Moana: Um Mar de Aventuras” e "Sing: Quem Canta Seus Males Espanta".
E cinco pré-estreias: os dramas “A Espera”, “Beleza Oculta” e “Quatro Vidas de um Cachorro”, a animação “A Bailarina” e a aventura “Max Steel”.

ASSIM QUE ABRO MEUS OLHOS - Drama franco-belga-tunisiano que marca a estreia da diretora Leyla Bouzid, vinda dos curtas (Gamine”). Verão de 2010 em Túnis, na Tunísia, alguns meses antes da Revolução de Jasmim. Enquanto o regime de Ben Ali cai, Farah, uma garota de 18 anos, se junta a uma banda de rock politizada e descobre o álcool, o amor e os protestos. Indo contra a vontade da mãe, Hayet, que conhece os tabus do país, Farah mergulha cada vez mais nesse mundo, sem suspeitar do perigo de um regime político que a observa e se infiltra na sua privacidade. Para proteger a filha, Hayet fará o que for preciso, inclusive, reviver as feridas da sua própria juventude. Baya Medhaffer, Ghalia Benali, Montassar Ayari, Aymen Omrani, Lassaad Jamoussi e Deena Abdelwahed têm os principais papeis.
Indicação etária: 16 anos

LA LA LAND: CANTANDO ESTAÇÕES - Um dos favoritos ao Oscar deste ano, este musical é dirigido pelo americano Damien Chazelle (“Whiplash: Em Busca da Perfeição”) e estrelado por Ryan Gosling e Emma Stone. Los Angeles, cidade conhecida por destruir esperanças e quebrar os corações, é o cenário inusitado para contar a história de dois sonhadores: Sebastian, um pianista de jazz que planeja abrir seu próprio clube noturno, e Mia, garçonete e aspirante a atriz. O primeiro encontro dos dois não é nada promissor – num engarrafamento ele buzina, ela se enfurece. Na segunda vez, num restaurante, onde Sebastian toca músicas cafonas para clientes completamente distraídos e, novamente, não dá atenção a Mia, que entrou para ouvir. Só na terceira vez, quando um novo acaso os reúne numa festa numa mansão, onde ele foi tocar com um grupo pop e ela acompanhou amigas em busca de contatos, é que finalmente têm uma chance de conversar. E se aproximar, dançando juntos pela primeira vez. Callie Hernandez, John Legend, Rosemarie DeWitt, Finn Wittrock e J.K. Simmons completam o elenco.
Indicação etária: 14 anos

MANCHESTER À BEIRA-MAR - Este drama assinado pelo diretor britânico Kenneth Lonergan (Margaret") é mais um candidato a várias estatuetas do Oscar este ano. Estrelado por Casey Affleck, Michelle Williams, Gretchen Mol, Kyle Chandler, Kara Hayward, Tate Donovan e Heather Burns, conta a história de Lee Chandler, uma espécie de faz-tudo do pequeno complexo de apartamentos onde vive, no subúrbio de Boston. Ele passa seus dias tirando neve das portas, consertando vazamentos e fazendo o possível para ignorar a conversa de seus vizinhos. Em suas noites vazias, Lee bebe cerveja no bar local e arruma confusão com qualquer um que lhe lançar um olhar. Quando seu irmão mais velho morre, ele recebe a desagradável surpresa de sua nomeação como tutor de seu sobrinho. De volta à sua cidade natal, ele terá que lidar com memórias queridas e dolorosas.
Indicação etária: 14 anos

OS PENETRAS 2: QUEM DÁ MAIS? - O novo filme da série “Os Penetras” (dirigido pelo global Andrucha Waddington) mostra que um bom golpista não perdoa nem o melhor amigo. No início da história, encontramos Beto desolado por ter sido enganado por Marco, o malandro profissional. Internado em uma clínica psiquiátrica, Beto é surpreendido por uma notícia que muda os rumos de sua vida e de seus parceiros Laura e Nelson. Em seguida, os três conhecem Santiago, um milionário sedutor, e Oleg, um mafioso russo. De golpe em golpe, eles vivem uma das maiores confusões de suas vidas. O elenco também é global: Marcelo Adnet, Eduardo Sterblitch, Mariana Ximenes, Stepan Nercessian
Indicação etária: 14 anos

OS SALTIMBANCOS TRAPALHÕES: RUMO À HOLLYWOOD - Renato Aragão e Dedé Santana trazem de volta aos cinemas os personagens Didi e Dedé, agora sob a direção do carioca João Daniel Tikhomiroff ("O Besouro"). Um circo à beira da falência, que conta com a ajuda de dois funcionários, Didi Mocó e Dedé, além da filha do dono, Karina, para evitar que se transforme no palanque de campanha e arena de leilão do prefeito corrupto da cidade. A ausência de animais no circo, para evitar maus-tratos, serve como explicação pelo fracasso de público. A saída para o problema aparece para Didi num sonho. Para voltar a ter sucesso, é preciso fazer um espetáculo com os artistas circenses vestidos de animais. O único empecilho é Assis Satã, que assume a direção do Grande Circo Sumatra e está disposto a aliar-se ao prefeito, pois vê mais vantagem nisso do que manter a lona de pé. O elenco conta também com Leticia Colin, Roberto Guilherme, Nelson Freitas, Marcos Frota, Emilio Dantas, Maria Clara Gueiros, Lívian Aragão e Rafael Vitti
Indicação etária: Livre

xXx: REATIVADO - Este terceiro capítulo da explosiva franquia “xXx” - dirigido pelo americano D.J. Caruso ("Eu Sou o Número Quatro") -, acompanha o ex-atleta que tornou-se agente do governo: Xander Cage que sai do exílio auto-imposto e entra em rota de colisão com o guerreiro mortal Xang e com sua equipe. Tudo para recuperar uma arma chamada de Caixa de Pandora. Recrutando um grupo totalmente novo e em busca de emoção, Xander se vê em uma conspiração mortal que aponta para uma participação dos mais altos níveis do governo do mundo. Vin Diesel e Samuel L. Jackson reassumem seus papéis anteriores. Nina Dobrev, Donnie Yen, Deepika Padukone, Kris Wu, Ruby Rose, Tony Jaa, Nina Dobrev, Rory McCann e Toni Collette completam o elenco.
Indicação etária: 14 anos
Veja o trailer 

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Teatro Bom Jesus apresenta exposição de mosaicos "Paz e Bem"

A partir desta quinta-feira (19), o Teatro Bom Jesus abre suas portas para receber a exposição de mosaicos “Paz e Bem”, com mais de 30 imagens de São Francisco de Assis. As obras foram produzidas pelos alunos do Centro de Criatividade de Curitiba e, também da Patrícia Ono Mosaicos – Nosso Ateliê. A exposição é gratuita e estará no foyer do teatro até 3 de março, das 10h às 18h ou durante o período de eventos do Teatro Bom Jesus, que fica na Rua 24 de Maio, 135, Centro. Algumas das obras expostas poderão ser adquiridas.


“Fica Comigo”: a festa do amor chega a Guaratuba nesta sexta-feira

A festa “Fica Comigo”, do bloco carnavalesco Fica Comigo, do Rio de Janeiro, famoso por arrastar multidões, está chegando para esquentar os corações dos turistas no litoral paranaense. Depois de fazer sucesso em Curitiba no ano passado, a badalada festa desce a serra, pela primeira vez, para embalar Guaratuba com a melhor seleção do pagode retrô. Com realização da Prime, o evento inédito acontece nesta sexta-feira (20), no Café Curaçao (Rua Brejatuba,500), a partir das 23h59.
O evento tem a proposta de “falar de amor” em diversas formas, espalhando alegria e animação através de um repertório que homenagenia os clássicos dos anos 90, com músicas de grupos que marcaram várias gerações, como Só Pra Contrariar, Katinguelê, Exaltasamba, Raça Negra, Molejo e outros.
Quem comanda a noite é o primeiro bloco de pagode retrô Fica Comigo, criado em 2011 no Rio de Janeiro, e que desenvolveu o projeto em formato de festa e bloco de carnaval, com eventos autorais que já impactaram mais de 200 mil pessoas em capitais como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Ceará, São Paulo e Curitiba. 
Tudo começou quando o projeto foi eleito pelo jornal “O Globo” como o Top10 das promessas para o carnaval do Rio de Janeiro, em 2012. O bloco Fica Comigo foi para a rua atingindo até então o recorde de mais de 35 mil pessoas na praia da Barra, no carnaval de 2014. Em 2015 passaram de 60 mil pessoas apaixonadas e estão ansiosos para a primeira edição da festa em Guaratuba.
A festa “Fica Comigo” acontece mensalmente no Rio de Janeiro com eventos autorais e tem sido realizada em diversas cidades do Brasil. Nas redes sociais o perfil já possui mais de 100 mil likes e seguidores do país inteiro. Além de sensações de amor, alguns detalhes são marcas registradas, como chuva de balões e até mesmo varal de adesivos para os apaixonados. Esta festa promete muitas surpresas boas.

Indicada para maiores de 16 anos, a festa “Fica Comigo” tem ingressos que variam de R$ 55,00 (meia) a R$ 130,00 (inteira) de acordo com o setor dacasa. A taxa administrativa de R$ 10,00 está incluída no valor. Mais informações: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br.

Flávio Venturini abre temporada 2017 do "Trajeto Lumen Ao Vivo"

O cantor e compositor Flávio Venturini tem encontro marcado com os fãs de Curitiba, no dia 23 de janeiro. Ele participa do primeiro “Trajeto Lumen Ao Vivo” do ano, evento gratuito da Rádio Lumen FM em parceria com o Shopping Curitiba, que conta com bate-papo, pocket show e sessão de autógrafos.
Flávio Venturini vai estar na capital paranaense para falar das novidades da carreira, como o disco de inéditas “Venturini” lançado em 2013, além de histórias do Clube da Esquina, movimento musical do qual participou junto com Lô Borges e Milton Nascimento, e das experiências com o grupo O Terço e com a banda 14 Bis, sucesso dos anos 80, quando partiu para a carreira solo.
Entre seus principais sucessos estão “Espanhola”, “Mais uma vez”, em parceria com Renato Russo, e “Todo Azul do Mar”. No último ano, viajou o país com o show “Encontro Marcado”, fruto da amizade de mais de 40 anos com Sá & Guarabyra e os integrantes do 14 Bis.
O evento começa às 18h na Livraria Cultura e é transmitido ao vivo pela Lumen FM. O formato é de pocket show intercalado de bate-papo com o público e não é preciso ingresso para participar. Quem quiser autógrafo, serão distribuídas senhas (limitadas) no dia e local da apresentação.

“Trajeto Lumen Ao Vivo” - Seis anos possibilitando encontros e aproximando artistas e seus fãs da capital paranaense, o “Trajeto Lumen Ao Vivo” é um projeto musical gratuito e aberto ao público, resultado de uma parceria de sucesso entre a Rádio Lumen FM e o Shopping Curitiba. Cerca de 40 personalidades da música nacional já passaram pelo programa, que também é transmitido ao vivo pela rádio, entre elas: Tiê, Biquini Cavadão, Pato Fu, Nenhum de Nós, Ivan Lins, Mariana Aydar, Marcelo Jeneci, Tiago Iorc, Jair Oliveira, Leoni, Marina Lima, Teresa Cristina, Sandra de Sá, Paulinho Moska, Roberta Campos, Paula Lima, Filipe Catto, Paulo Ricardo, Tiago Abravanel, Fernanda Abreu e Preta Gil.

Mais informações:3271-4700 ou www.lumenfm.com.br

Cinema brasileiro terá presença expressiva no Festival de Roterdã, na Holanda

(ABr) - O cinema brasileiro marcará presença com 15 filmes na edição 2017 do Festival Internacional de Cinema de Roterdã, na Holanda, que ocorre entre os dias 25 de janeiro e 5 de fevereiro. De acordo com informação divulgada pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), a participação brasileira será de sete longas-metragens e oito curtas, tanto nas mostras competitivas como nas não competitivas do evento.
O longa “Arábia” (foto), de Affonso Uchoa e João Dumans, vai representar o Brasil na principal mostra do festival – a Hivos Tiger Competition –, concorrendo com filmes de diversos países. Já na mostra Bright Future – também competitiva, mas voltada para diretores em seu primeiro ou segundo filme –, o cinema brasileiro comparecerá com “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano.
Os dois filmes foram vistos pelo curador do festival holandês, na 19ª edição do Encontros com o Cinema Brasileiro, iniciativa da Ancine, que traz ao Brasil os responsáveis pela programação dos principais festivais internacionais. A mostra Bright Future terá também outras três produções brasileiras, “Antônio Um Dois Três”, de Leonardo Mouramateus; “Pela Janela”, de Caroline Leone; e “Elon Não Acredita na Morte”, de Ricardo Alves Jr.; além da coprodução com Argentina, Chile e Palestina, “Los Territorios”, dirigida pelo argentino Ivan Granovsky. A mostra Signatures, que celebra o trabalho de diretores consagrados, contará com “Beduíno”, de Júlio Bressane.
Na seleção da mostra Bright Future, de curtas-metragens estão, os brasileiros “Disseminar e Reter”, de Rosa Barba; “Há Terra!”, de Ana Vaz; “The Flavor Genome”, de Anicka Yi; e “Um Campo de Aviação”, de Joana Pimenta. Outras mostras de curtas selecionaram ainda “Constelações”, de Maurílio Martins; “Long Bueno”, de Abílio Dias; “As Crianças Fantasmas”, de João Vieira Torres; e “Kbela”, de Yasmin Thayná.

A programação completa de filmes do festival está disponível no site https://iffr.com.

O Rappa vai estar neste sábado em Caiobá com seu novo trabalho

O litoral paranaense foi escolhido para receber a nova turnê do O Rappa, “Acústico Oficina Francisco Brennand”, que está rodando o Brasil. Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão Meneses desembarcam em Caiobá neste sábado (21), com o show que marca o lançamento do novo CD e DVD ao vivo gravado na Oficina Brennand, em Recife. A apresentação, com uma pegada acústica e que traz um toque especial, acontece no palco do Garden Hall (Rua Alvorada, 600), a partir das 23h59. O grupo celebra duas décadas de carreira e já soma 10 álbuns lançados, mais de três milhões de discos vendidos, diversos prêmios (são recorde de prêmios em videoclipes até hoje) e discos de ouro, platina e diamante.
Os quatro integrantes se apresentam numa lindíssima galeria de arte a céu aberto, que pela primeira vez recebeu um show deste porte, para gravar o primeiro eletroacústico do grupo. O repertório traz 17 músicas, incluindo 4 inéditas e clássicos dos álbuns Nunca Tem Fim e Sete Vezes, sem deixar de fora hits da carreira do grupo. A histórica oficina abriga as criações do escultor e artista plástico Francisco Brennand, de 89 anos, que esteve presente nas gravações e deu sua “benção” ao novo projeto d’O Rappa.
Neste CD e DVD, o grupo usa instrumentos diferentes nos arranjos, como uma guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e os steel drums (tambores de aço), muito usados na música caribenha. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, afirma o guitarrista Xandão, em texto divulgado para a imprensa. O DVD dirigido por Lírio Ferreira (O Baile Perfumado) é filmado de forma diferente, com cenários que se seguem em diferentes lugares de Recife, e também em intimidades de palco, camarim e barco. Um registro histórico muito interessante, pela riqueza das obras e palavras de Brennand que transcendem o seu tempo, e pela riqueza artística d’O Rappa e seus convidados especiais da região (rapper RAPadura, Rafinha Bravoz e de João do Pife e Marcos do Pífano).

Turnê - Para a nova turnê, a banda está investindo no formato do DVD, mas sem perder sua pegada, motivo pelo qual uma verdadeira “Horda” de fãs cruza o país com suas letras na ponta da língua. “É um acústico diferente, pra cima”, comenta Falcão.
Por sua coerência musical e postura engajada, O Rappa permanece sendo uma das mais influentes e respeitadas bandas da música brasileira contemporânea. Seus integrantes têm lutado contra a desigualdade social, atuando em diversas frentes, seja no financiamento de projetos que estimulem a inclusão de jovens colocados à margem da sociedade ou no recrutamento de atores de comunidades carentes para participar de seus clipes.

Esta apresentação de O Rappa tem ingressos que variam de R$ 60,00 (meia) a R$ 410,00 (inteira) de acordo com o setor do teatro. A taxa administrativa de R$ 10,00 está incluída no valor. Mais informações: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br. Indicação etária: 12 a 16 anos somente com os pais; 16 a 18 anos acompanhado por um responsável maior de 21 anos.