segunda-feira, 31 de março de 2014

Carioca Luiza Dionizio faz show na Caixa Cultural Curitiba

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, nesta terça-feira (1º), show da sambista carioca Luiza Dionizio, segunda atração do projeto Samba de Bamba de 2014, idealizado pelo jornalista e crítico musical cultural Rodrigo Browne. Já no seu primeiro CD, “Devoção”, Luiza recebeu indicações de melhor cantora de samba e de melhor cantora pelo voto popular no XXI Prêmio da Música Brasileira 2010.
Atração fixa há 11 anos da casa de shows Carioca da Gema, no bairro da Lapa, Rio de Janeiro, a artista teve seu primeiro disco, “Devoção”, produzido por Paulão 7 Cordas e se prepara para finalizar o segundo no próximo semestre. Sua primeira gravação foi no CD independente “Conexão Carioca”, em 1999, uma coletânea com compositores e intérpretes sem oportunidades nas grandes gravadoras. A faixa “Da Cor do seu Batom”, de Milton Sivans, na voz de Luiza, rendeu elogiosos comentários na Revista Música Brasileira.
Luiza Dionizio também exibiu seu talento em um show em homenagem a Cartola, no teatro do BNDES, ao lado de Elton Medeiros e Henrique Cazes; em um tributo a Clementina de Jesus, com Moyseis Marques, no Centro de Referência da Música Carioca; e, no teatro Rival, ao lado de Dona Ivone Lara e Nilze Carvalho, dentro outras apresentações.

Samba de Bamba - Coordenador e curador do projeto, o jornalista e crítico musical Rodrigo Browne explica que vai realizar, mensalmente, até dezembro, uma série de nove shows, sempre às terças, na Caixa Cultural. “Os convidados são artistas excelentes, representantes autênticos do que hoje se convencionou chamar 'Samba de Raiz', que na verdade é o samba tradicional sem as imposições comerciais do mercado”, explica.
O projeto traz, em cada apresentação, um formato semelhante ao que o produtor já realiza, há 17 anos, no seu programa Samba de Bamba, na rádio E-Paraná FM. Durante a transmissão, os sambistas convidados comentam a escolha de seus sambas prediletos. “No palco, durante o show, cada artista vai fazer o mesmo, contando o porquê de suas escolhas e quais são suas influências. Acredito que assim, o público vai conhecer um pouco mais do processo criativo de cada sambista e da própria história do samba”, finaliza Browne.

A apresentação de Luíza Dionízio acontece no dia 1º, às 20h e os ingressos custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia, conforme legislação e correntista Caixa). Informações: 2118-5111. O espetáculo é livre para todas as idades.

Praças Osório e Santos Andrade terão feira de Páscoa até dia 19

A Feira Especial da Páscoa estará nas praças Osório e Santos Andrade entre os dias 1º e 19 de abril, com produtos artesanais desse período, como ovos de chocolate, bombons, cestinhas para chocolates, além de utensílios de decoração. As feiras funcionam de segunda a sábado das 10h às 21 horas; aos domingos, horário diferenciado apenas na Praça Osório, das 14h às 19 horas.
 “As feiras de Páscoa ocorrem desde 1992 e são uma boa opção para os artesãos darem visibilidade e comercialização aos seus produtos e para os visitantes a certeza de adquirir produtos de qualidade”, comentou a coordenadora de feiras de arte e artesanato do Instituto Municipal de Curitiba, Marily Pires Lessnau.
Na Praça Osório serão montadas 61 barracas, sendo que 25 delas de gastronomia, localizadas no entorno do chafariz; 23 barracas para artesanato com produtos decorativos de Páscoa; três destinadas para artesanato culinário, três para divulgação de programas desenvolvidos pela Prefeitura Municipal, duas com produtos voltados ao turismo, duas com oficinas nas quais os expositores produzem seus artesanatos e revelam ao público detalhes de confecção, além de barracas específicas para entidades assistenciais, para a Rede de Proteção Animal, e a Associação dos Apicultores do Paraná.
A estrutura montada na Praça Santos Andrade é menor, com 16 barracas, sete delas voltadas à gastronomia e nove para artesanato em geral.

"Frozen" se torna a animação com maior arrecadação na história

(Reuters) - "Frozen - Uma Aventura Congelante" se tornou a animação com maior arrecadação na história, informou o estúdio Disney no domingo, quando o musical ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares nas bilheterias globais. O filme continua em exibição nos cinemas curitibanos.
Desde o lançamento, em 27 de novembro, o longa faturou 398,4 milhões de dólares nas bilheterias dos EUA e Canadá, e 674 milhões nos outros mercados - totalizando 1,072 bilhão, segundo a Disney.
Inspirado em um conto de Hans Christian Andersen, "A Rainha da Neve", o filme conta a história de uma princesa escandinava que precisa refazer seus vínculos com sua irmã, a Rainha, que tem o poder de congelar tudo com suas mãos, e sem querer desencadeia um longo inverno que está destruindo o reino.
O campeão de faturamento entre animações até agora era "Toy Story 3", de 2010, que faturou 1,063 bilhão, segundo o site Boxofficemojo.com. Os dois filmes foram distribuídos pela Walt Disney Pictures.
"Frozen", que passou mais de três meses no "top 10" da bilheteria dos EUA e Canadá, também se tornou o décimo filme com maior arrecadação na história do cinema.

Mário Prata abre temporada 2014 do projeto “Um Escritor na Biblioteca”

O escritor Mário Prata é o primeiro convidado do projeto “Um Escritor na Biblioteca” em 2014. O encontro acontece no dia 2 de abril (quarta-feira), às 19h, no auditório Paul Garfunkel. A entrada é franca. Esta é a quarta temporada do projeto desde que foi retomado, em março de 2011, após 26 anos de interrupção.
Prata é um dos autores mais lidos no país. Nos anos 1990, emplacou diversos livros nas listas de mais vendidos, como “O diário de um magro” (1997) e “Minhas mulheres e meus homens” (1999). Também tem uma carreira importante no jornalismo. Nos anos 1970, foi cronista do Pasquim, ao lado de nomes como Millôr Fernandes. Em 1993, passou a assinar uma coluna semanal no jornal O Estado de S.Paulo, publicada por mais de uma década. Também assinou crônicas para diversas publicações nacionais, entre outras, para as revistas Istoé e Época e para o jornal Folha de S.Paulo.
Na televisão, colaborou como roteirista nas novelas “Sem lenço, sem documento” (1977), “Dinheiro vivo” (1979), “Um sonho a mais” (1985, coautoria), “Helena” (1987) e “Bang bang” (2005). Para o cinema, escreveu diversos roteiros, tendo recebido por duas vezes o Kikito do Festival de Gramado, o mais importante festival cinematográfico do Brasil.
Atualmente Prata tem investido em romances policiais, em livros como “Sete de paus” (2008) e “Os viúvos” (2010) - ambos protagonizados pelo detetive Ugo Fioravanti Neto, inspirado nos moradores e na ilha de Florianópolis, local de residência de Mário Prata há mais de 10 anos.

O projeto - Retomado há três anos, o projeto “Um Escritor na Biblioteca” já recebeu mais de 30 autores, entre eles Sérgio Sant'Anna, Cristovão Tezza, Marçal Aquino e Bernardo Carvalho. As conversas são transcritas, editadas e publicadas no “Cândido”, jornal de literatura da BPP.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Pedreira reabre neste sábado com show de Roberto Carlos

No dia em que Curitiba comemora o aniversário de 321 anos, a cidade será presenteada em dose dupla: a reabertura da Pedreira Paulo Leminski (rua João Gava, s/n), que ficou fechada desde agosto de 2008, e com o show do cantor Roberto Carlos.  Neste sábado, a capital paranaense irá retomar seu palco principal, destinado à apresentação dos maiores artistas do mundo e grandes espetáculos. A abertura dos portões ao público será às 18 horas e o show tem início às 21 horas.
 “A reabertura do Parque das Pedreiras, além de devolver à cidade um patrimônio histórico, cultural e turístico, que é a Pedreira Paulo Leminski, desempenhará um papel fundamental na reinclusão de Curitiba no roteiro de grandes eventos nacionais e internacionais”, afirma Hélio Pimentel, sócio-gerente da DC Set Promoções, empresa responsável pela administração do Parque das Pedreiras, que contempla também a Ópera de Arame. “Roberto Carlos é um ícone nacional e internacional. É um artista unânime, por isso a escolha para a reabertura do espaço. Será uma forma grandiosa de comemorar o aniversário de 321 anos de Curitiba”, finaliza. 
Para garantir conforto no show de Roberto Carlos, a plateia irá se acomodar em cadeiras, distribuídas por três setores pelo local: Azul, Amarelo e Branco.
Outra novidade fica por conta do lançamento do Pedreira Bus, um novo modelo de  sistema de transporte prático, seguro  e confortável, que facilita a locomoção do público em dias de shows em direção à Pedreira Paulo Leminski, com desembarque exclusivo no Portal da Pedreira, já que as vias próximas ao espaço estarão bloqueadas para o tráfico de veículos. A linha especial terá duas categorias e sairá de quatro pontos estratégicos de Curitiba. O Pedreira Bus - Premium (ônibus especiais de turismo com poltronas soft reclináveis, para maior conforto dos passageiros com limite de 40 pessoas, todas sentadas) terá saídas da Praça 29 de Março e do Museu Oscar Niemeyer. O custo para ida e volta é de R$ 20,00 por pessoa.  Já o Pedreira Bus - Express (ônibus urbanos com número limitado de passageiros - 60 pessoas -, que poderão ir em pé ou sentados) terá saída das praças Rui Barbosa e Eufrásio Correa. O custo para ida e volta é de R$ 10,00 por pessoa.

Os ingressos variam de R$ 150,00 (meia-entrada) a R$ 600,00 (inteira), de acordo com o setor. Informações: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br.

Guns n´Roses, finalmente, para curitibano ver

Um dos mais importantes grupos de rock metal de todos os tempos, o Guns N´ Roses já está no Brasil com sua nova turnê “South American Tour 014” . Dono de sucessos como “Sweet Child O’Mine”, Welcome to the Jungle” e “Paradise City”, o grupo norte-americano não se apresentava no Brasil desde 2011, quando encerrou o Rock in Rio. Esta será a terceira vez que a trupe liderada por Axl Rose passa pelo país, sendo a primeira em Curitiba. Com realização da Prime e Hits Entretenimento, a escala na cidade acontece no domingo, dia 30 de março, em única apresentação no Estádio Durival Britto e Silva (rua Engenheiros Rebouças,1.100) às 21 horas.
Antes de chegar à capital paranaense, eles já passaram pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte, e se apresentam ainda em Brasília (25.03) e São Paulo (28.03). Depois de Curitiba, a banda segue para Florianópolis (1.04), Porto Alegre (3.04), Recife (15.04) e Fortaleza (17.04). Após o Brasil, a turnê vai para Argentina e Paraguai.
O Guns N´Roses atualmente é formado pelo vocalista Axl Rose, DJ Ashba (guitarra), Dizzy Reed (teclados), Tommy Stinson (Baixo), Richard Fortus (Guitarra), Ron “Bumblefoot” Thal (Guitarra), Chris Pitman (teclados) e Frank Ferrer (bateria). Formada em Hollywood, Los Angeles, Califórnia, em 1985, já lançou seis álbuns de estúdio, três EPs e um álbum ao vivo. O co-fundador e líder Axl Rose e o tecladista Dizzy Reed são os únicos membros da formação clássica no atual Guns N ‘Roses. A banda já vendeu 100 milhões de cópias em todo o mundo, sendo cerca de 43 milhões somente nos Estados Unidos. Só o seu álbum de estreia em 1987, “Appetite for Destruction”, vendeu cerca de 28 milhões de cópias no mundo todo.
O último disco lançado foi em 2008, intitulado “Chinese Democracy”. Após a passagem pela América do Sul, o Guns seguirá para shows na Europa e Estados Unidos.
Os ingressos variam de R$ 160,00 (meia-entrada) a R$600,00 (inteira), de acordo com o setor. Informações: 4062-1214 ou www.blueticket.com.br. Classificação etária: 16 anos Abertura dos portões: 18 horas

quinta-feira, 27 de março de 2014

Camerata inicia comemorações de 40 anos com celebração do aniversário de Curitiba

Nesta sexta-feira (28), às 20h, na Capela Santa Maria Espaço Cultural, a Camerata Antiqua de Curitiba inicia as comemorações de seus 40 anos de existência com a execução da “Missa Lord Nelson” (ou “Missa in Angustiis”), do compositor austríaco Franz Joseph Haydn (1732-1809), sob a regência do maestro mineiro Luís Otávio Santos. O concerto de abertura da temporada 2014 de espetáculos do grupo curitibano, patrocinada pelo Ministério da Cultura e pela Volvo, terá nova apresentação às 18h30 de sábado (29), na Catedral Basílica Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, em homenagem a Curitiba, no dia em que a cidade completa 321 anos. 
O espetáculo na Capela Santa Maria contará com as presenças dos fundadores da Camerata Antiqua, Roberto de Regina - também maestro emérito do grupo - e da cravista Ingrid Aide Müller Seraphim, que serão homenageados na ocasião, juntamente com o violinista Walter Hoerner, que integra a Camerata Antiqua desde a sua primeira formação. Nesse dia, a performance da Camerata será antecedida pela palestra do maestro paulista Osvaldo Colarusso, às 19h45. O músico tem atuado frente às principais orquestras do país, acumulando a regência de mais de 500 concertos. A iniciativa de acrescentar comentários de um profissional da música tem por objetivo permitir uma melhor apreciação do programa, revelando ao público detalhes da produção.
O regente convidado para o concerto da Camerata Antiqua de Curitiba, Luís Otávio Santos, enfatiza a dificílima interpretação da “Missa Lord Nelson”, uma das obras mais importantes do repertório da Camerata. Considerada de grande virtuosismo, a peça datada de 1798 marca a maturidade musical de Haydn e é extremamente dramática em seu contexto melódico e rítmico, valorizando todas as emoções. 

Cantores convidados – Para a apresentação da “Missa Lord Nelson”, um dos últimos e monumentais trabalhos sacros de Haydn, a Camerata Antiqua de Curitiba contará com a participação de cantores que desenvolvem carreiras internacionais. A soprano argentina Graciela Oddone exibe em seu currículo inúmeras óperas e concertos de todos os períodos musicais, com atuações em diversos países europeus. Outra convidada é a paulista Adriana Clis (meio-soprano), que estudou em Moscou (Rússia) e Milão (Itália), também acumulando apresentações na França e na Alemanha.
No naipe de vozes masculinas estão o tenor catarinense Marcos Liesenberg e o barítono austríaco Norbert Steidl, atualmente residindo no Brasil. Com trabalhos desenvolvidos na Áustria, Alemanha e Itália, Marcos Liesenberg é um dos destaque no cenário lírico nacional, cantando nos principais teatros e com as mais notáveis orquestras brasileiras. Nascido em Lienz (Áustria), Norbert Steidl é mestre em canto pela Universidade Mozarteum de Salzburg, tendo se apresentado em numerosos concertos na Europa e Ásia, dominando um vasto repertório camerístico.

O concerto do dia 28 de março de 2014 (sexta-feira) terá ingressos a R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada); o de sábado (29), terá entrada franca. 

Tubotecas completam um ano com 55 mil livros arrecadados

Dia 28 de março o projeto Tubotecas comemora o seu primeiro aniversário com a marca de 55 mil livros recebidos de empresas, instituições, escritores locais e da comunidade em geral. Do número total de livros arrecadados, 40 mil exemplares já foram colocados nas dez Tubotecas disponíveis para os usuários do transporte coletivo de Curitiba. O restante dos livros foi destinado para as Casas da Leitura e bibliotecas especializadas da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), associações de moradores, presídios, hospitais, bibliotecas comunitárias e rurais.
Para o presidente da FCC, Marcos Cordiolli, o objetivo inicial do projeto era mobilizar empresas e sociedade para que promovessem o incentivo à leitura por meio da doação de livros. “É muito satisfatório ver como os cidadãos e empresas de Curitiba abraçaram o projeto. As Tubotecas são um orgulho, pois vão além de cumprir seu objetivo de ampliar a convivência das pessoas com livros. Empresas e pessoas estão se tornando agentes de leitura", comemora. Entre algumas das empresas e instituições doadoras estão a Itaipu Binacional, Gazeta do Povo, Volvo, Rádio Lumen FM, Imobiliária Gonzaga, Legião da Fraternidade, Editora da UFPR, Fundação de Ação Social, Operadora Oi, Universidade Tuiuti, Sebo Osório, Shopping Mueller, Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Paraná, Sindicato das Empresas de Publicidade Externa do Paraná.

Como doar – As doações de livros podem ser feitas em qualquer equipamento mantido pela Fundação Cultural, nas Casas da Leitura, na sede da Fundação (Rua Engenheiros Rebouças, 1.732, Rebouças), no Ippuc (Rua Bom Jesus, 669, Juvevê) e na sede da Prefeitura (Avenida Cândido de Abreu, 817, Centro Cívico).
As publicações passarão por uma triagem antes de serem levadas para as Tubotecas. Aceitam-se livros de literatura, contos, crônicas, romances, poesia, história em quadrinhos, infantil e infantojuvenil. Não serão aceitos livros com teor ofensivo, discriminatório e pornográfico.
Grandes doadores, interessados em doar acima de 1.000 volumes, precisarão se adequar a Edital de Chamamento Público lançado no dia 1º de abril de 2013, que está disponível no site www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br


Peça “O Lugar Escuro” discute doença de Alzheimer na Caixa Cultural

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 28 a 30 de março, a peça “O Lugar Escuro”, encenação do livro homônimo de Heloisa Seixas com direção de André Paes Leme. Três mulheres de uma mesma família são vividas pelas atrizes Camilla Amado, Clarice Niskier e Isabella Dionísio nesta adaptação teatral de 2011 que discute, por meio de diálogos contundentes, mas de forma leve e delicada, as consequências da descoberta da doença de Alzheimer. A autora fará uma palestra sobre o tema da peça no dia 29 de março, às 17 horas, no próprio teatro.
O livro de Seixas, lançado em 2007, é uma espécie de catarse pessoal, com diálogos de uma honestidade desconcertante, inspirados na situação real enfrentada pela escritora e sua mãe, diagnosticada com a doença. Em pouco mais de uma hora de encenação, os personagens de Camilla, Clarice e Isabella, presentes no palco durante todo o tempo, se embrenham em fatos e emoções que escancaram a difícil realidade de quem tem que conviver com um familiar portador de doença degenerativa. Elas buscam, por meio da memória, contar a história a partir de seus próprios pontos de vista.
Com a montagem teatral, a autora conta que conseguiu um certo distanciamento emocional em relação ao texto. “Eu tendo a abstrair. Não sou mais eu ali, nem minha mãe, nem minha filha. Teatro é uma criação coletiva, em que cada um bota um pedacinho e, com isso, o resultado acaba virando uma outra coisa”, diz. Camilla Amado, atriz que dá vida à velha afetada pelo Alzheimer, usa a filosofia para resumir sua participação nessa peça. “Nietzsche define a tragédia como um susto que só o sublime, a beleza, domesticam. E a comédia, ele define como um alívio do nojo do absurdo do ser. Com essa peça, espero levar alívio e beleza aos que passam por esse tipo de situação”, explica.
A montagem de André Paes Leme é econômica, seja pelo uso de poucos elementos cênicos, seja por deixar que a encenação das atrizes dite o ritmo da narrativa.
As apresentações de “O Lugar Escuro” acontecem sexta-feira e sábado às 20h e domingo às 19h e os ingressos custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia, conforme legislação e correntista Caixa). Informações: 2118-5111. O espetáculo é recomendado para maiores de 12 anos.


Museu Alfredo Andersen abre exposição sobre a mulher

A partir desta sexta-feira (28) o Museu Alfredo Andersen (MAA) estará com uma nova exposição em cartaz. A mostra “Ser Maria, Eis a Questão”, organizada pelo Grupo Lupa, mescla linguagens artísticas como fotografia, música, escultura, literatura e performance e fica em cartaz até 18 de maio de 2014. A entrada é gratuita.
Buscando um panorama atual da relação da mulher com o ambiente, o Grupo Lupa foi a campo e obteve relatos de vida, pensamentos e atitudes para mostrar o modo de vida e o pensamento da mulher na sociedade.
Nani coletou histórias de mulheres. Marias são mulheres reais, transformadas em personagens de ficção. Mulheres que abriram seus corações e falaram de suas vidas, seus sonhos, suas realizações e frustrações. Além disso, doaram um objeto símbolo de sua história, que ficará preservado em um bloco de resina, em exposição.
Malu Rebelato utiliza a fotografia para captar imagens de inúmeras mulheres com idades, profissões e culturas distintas entre si. Embora elas tenham tomado caminhos diferentes umas das outras e, independente da classe social, partilham dos mesmos desejos e propósitos: paz, saúde, trabalho, educação de qualidade, respeito.
Cassiano Nogara utiliza as gravações dos depoimentos colhidos por Nani como um dos instrumentos para a realização de sua composição. As vozes dessas Marias são transformadas em pequenas peças, nas quais a música reconta com elas suas histórias, divide com elas suas emoções, seus ideais, escuta delas seus desejos e segredos.

Grupo Lupa - Formado em 2011 pelos artistas Nani, Malu Rebelato e Cassiano Nogara, o grupo foi criado para a exposição “Marias”, que explora a condição feminina, a partir da pesquisa iniciada por Nani, sobre o simbolismo cultural que envolve a mulher através dos tempos e que influencia sua atual condição social.

O Museu Alfredo Andersen está situado na Rua Mateus Leme, 336 e pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; sábado e domingo, das 10 às 16h. Mais informações: 3222-8262 / 3323-5148 ou www.maa.pr.gov.br

quarta-feira, 26 de março de 2014

Igual à semana passada, sem grandes estreias nos cinemas

Mais uma semana sem maiores novidades nas telonas. Temos duas animações - “Rio 2” e “Vidas ao Vento”, o drama nacional “Entre Nós”, o suspense “Tudo Por Justiça” e o documentário “Imagine: Life Spent on the Edge”, sobre esportes radicais. Em exibição, boas opções: “A Grande Beleza”, “Ela”, “Caçadores de Obras-Primas”, “Walt nos Bastidores de Mary Poppins”, “A Menina Que Roubava Livros”, Clube de Compras Dallas”, “Ninfomaníaca Volume 2” e a premiada animação “Frozen”. Na próxima quinta-feira estreia a superprodução “Noé”.

ENTRE NÓS - Drama nacional dirigido por Paulo Morelli (“O Preço da Paz”) e estrelado por Caio Blat, Carolina Dieckmann, Maria Ribeiro, Paulo Vilhena, Martha Nowill, Julio Andrade e Lee Taylor. Sete jovens amigos escritores viajam para uma casa de campo para celebrar a publicação do primeiro livro do grupo. Lá, eles escrevem cartas para serem abertas dez anos depois. A viagem acaba em uma tragédia, após a morte de um deles. Mesmo assim, eles se reúnem dez anos depois para lerem as cartas. Agora, este reencontro irá trazer à tona antigas paixões, novas frustrações e um segredo mal enterrado.
Indicação etária: 14 anos

IMAGINE: LIFE SPENT ON THE EDGE - Documentário de Thierry Donard que apresenta as últimas façanhas no mundo dos esportes extremos de prancha, como o surf, esqui, snowboard, voo de wingsuit, snowboarding praticados pelos melhores atletas do mundo nas paisagens mais deslumbrantes. O resultado é um filme cheio de ação repleto de imagens excepcionais, performances impressionantes, momentos íntimos de medo, dúvida e alegria junto com façanhas incríveis tecnicamente inconcebíveis há alguns anos atrás. Ao trazer câmeras mais perto da ação, Thierry Donard capturou algumas das emoções mais puras que surgem nestes momentos especiais em um mundo governado por aventura, velocidade, altura, engrenagem altamente especializada e os limites que são continuamente empurrados de volta.
Indicação etária: Livre

RIO 2 – Continuação do sucesso da animação “Rio”, que faturou quase US$ 500mi mundialmente. A arara azul Blu e sua companheira Jade agora têm filhos, um macho e uma fêmea, e esta última tem medo de voar, exatamente como o seu pai. Agora eles deixam a cidade maravilhosa para se aventurar em uma viagem à Amazônia, para uma reunião de família. Fora de casa, em um lugar desconhecido, Blu terá que enfrentar seu maior medo - seu sogro - enquanto procura escapar do plano de vingança do malvado Nigel. A direção é novamente do brasileiro Carlos Saldanha e o elenco de dubladores é “all-star”: Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Jemaine Clement, will.i.am, Tracy Morgan, Rodrigo Santoro, Bebel Gilberto, Jake T. Austin e Jamie Foxx retornam. Andy Garcia, Bruno Mars, Janelle Monáe, Kristin Chenoweth, Rita Moreno, Pierce Gagnon e Natalie Morales são as novas adições no elenco de vozes.
Indicação etária: Livre

TUDO POR JUSTIÇA - Suspense do cineasta Scott Cooper (“Coração Louco”) estrelado por Christian Bale, Casey Affleck, Woody Harrelson, Zoe Saldaña, Sam Shepard, Willem Dafoe e Forest Whitaker, entre outros. Russell Baze (Bale) leva uma vida dura: de dia, trabalha na usina siderúrgica local em um trabalho sem futuro e, à noite, toma conta de seu pai doente em fase terminal. Quando Rodney (Affleck), irmão de Russell, volta para casa após servir no Iraque, ele é atraído para uma das redes criminosas mais cruéis da região e misteriosamente desaparece. A polícia falha em investigar o caso e, sem nada a perder, Russell toma para si a responsabilidade de fazer justiça por seu irmão - mesmo que isso ponha sua vida em risco.
Indicação etária: 16 anos

VIDAS AO VENTO - Animação japonesa dirigida por Hayao Miyazaki (“A Viagem de Chihiro”). Conta a vida do designer de aviões Jiro Horikoshi e os principais acontecimentos históricos que afetaram sua trajetória. O jovem Jiro sonha em voar e desenhar lindos aviões, inspirado pelo designer aeronáutico italiano Caproni. Não podendo tornar-se piloto por ter miopia desde a infância, Jiro entra na divisão de aviões de uma grande empresa de engenharia japonesa em 1927. Ele conhece e se apaixona por Nanoko, disfruta de sua amizade com o colega Honjo e traz grandes inovações para o mundo da aviação.
Indicação etária: 12 anos
Veja o trailer

Belo lança turnê “Tudo Novo” em Curitiba

O cantor romântico Belo apresenta a nova turnê “Tudo Novo”, em Curitiba, no Festival Pagofunk, que mescla de atrações do pagode com funk. Belo que lança na capital o trabalho inédito, brinda os fãs com sucessos passados e as composições do seu novo álbum, reforçando o bom momento dos seus 13 anos de carreira solo.  O festival realizado pela Multi Eventos Promoções será no dia 28 de março no Vanilla Music Hall (rua Mateus Leme, 3.690, São Lourenço) e conta ainda com os funkeiros Mc Rodolfinho, Mc Dede e Mc 2k para embalar o público.
O cantor que tem uma das mais famosas vozes de pagode do Brasil, está em uma fase nova, que faz reflexo em seu novo trabalho “Tudo Novo”. Esse álbum é o 11º da carreira do cantor e conta com 16 faixas inéditas, dando uma guinada em sua carreira e coloca-o em evidência mais uma vez com sua veia romântica, que continua marcando uma geração inteira.
Para comemorar a nova fase, Belo deixou para trás o cabelo loiro e o trocou por dreadlocks. O visual acompanha seu novo posicionamento. Sua faceta mais forte, a de crooner, costura todas as variantes de samba que apresenta em “Tudo Novo”, do partido alto ao samba de roda, passando, claro, pelo pagode. Receita muito bem sovada em romantismo, a assinatura característica do cantor, que completa 21 anos de carreira em 2014.
Belo que na atualidade é um dos grandes nomes do pagode romântico do País, começou no Soweto em 1996, e poucos anos depois o grupo explodiu, e logo o cantor projetou sua carreira solo – que o consolidou com uma das mais bem-sucedidas entre os músicos brasileiros – e conta com mais de 7 milhões de discos vendidos, CDs e DVDs ao vivo e em estúdio, músicas entre as mais executadas do país nas rádios e TV.

O show tem indicação etária para maiores de 16 anos. Informações e venda de ingressos: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br

Otavio Frias Filho lança “Cinco Peças e Uma Farsa” no Festival de Curitiba

“Cinco Peças e Uma Farsa”, novo livro do escritor e jornalista Otavio Frias Filho, será lançado no Festival de Curitiba, dia 29 de março, no Memorial de Curitiba, às 16h. A obra reúne seis peças escritas na entrada dos anos 1990 e no início da década passada: “Tutankáton”, “Rancor”, “Típico Romântico”, “Sonho de Núpcias”, “Utilidades Domésticas” e “Breve História de uma Perversão Sexual”.
Duas delas, “Tutankáton” e “Utilidades Domésticas”, ainda não foram encenadas. A vida semiclandestina desses textos se explica pelas resistências de um autor que nunca deixou de se sentir uma espécie de penetra no reino de Dionísio, a despeito de sua relação visceral com o teatro.
Os temas que percorrem “Cinco Peças e Uma Farsa” (320 páginas, 6 ilustrações, R$ 49,90) vão desde política, religião, arte e amor, passando pelo romântico, homossexual e transgressivo. A sequência das peças obedece a uma ordem: “Tutankáton”, na abertura, à “Breve História de uma Perversão Sexual”, a farsa final, a linguagem vai do registro elevado ao escracho e à paródia pornográfica.
As peças apontam para algo como uma crítica da Restauração – na política, nas artes e no comportamento, na esfera dos afetos. Cada uma à sua maneira, elas encenam a revanche conservadora das últimas décadas contra as ilusões da sensibilidade e dos ideais progressistas.

O autor - Otavio Frias Filho nasceu em São Paulo, em 1957. Fez os cursos de direito e ciências sociais na Universidade de São Paulo. Desde 1984, é diretor jornalístico da Folha de S. Paulo. Publicou um livro de peças teatrais, “Tutankáton” (1991), e três coletâneas de ensaios, “Deponta-cabeça” (2000), “Queda-livre - ensaios de risco” (2003) e “Seleção natural - ensaios de cultura e política” (2009).

FCC abre inscrição para editais do Fundo Municipal da Cultura

Já estão abertas as inscrições para os editais de Difusão em Teatro, Análise e Criação Literária, Ciclos de Leitura, Ações de Leitura, Música de Câmara na Capela Santa Maria e Música no Teatro do Paiol 2014. Pela primeira vez, os editais do Fundo Municipal da Cultura foram submetidos à consulta pública e receberam cerca de 50 sugestões em 15 dias. Todas as questões recebidas foram respondidas e podem ser consultadas no site da Fundação Cultural de Curitiba.
Para o presidente da FCC, Marcos Cordiolli, a abertura dos editais para consulta pública representa um marco histórico para a cultura de Curitiba. “Com a consulta pública, deixamos o processo mais transparente e aumentamos a participação da população e da classe artística”, afirma Cordiolli.
Para a diretora de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, Maria Angélica da Rocha Carvalho, a participação nesta primeira consulta pública foi satisfatória. “A consulta pública e as devolutivas são as primeiras mudanças para a Lei de Incentivo à Cultura em 2014. É importante que os proponentes tenham uma participação cada vez maior”, diz.

Novos editais – Ainda na primeira quinzena de abril deverão ser publicados dez novos editais referentes ao segundo lote. Em maio será divulgado o terceiro lote e em junho o quarto e último lote de editais referente a verba orçamentária no exercício de 2014.

Editais de Inscrições publicados em 20/03/2014 disponíveis no site da FCC

Edital n.º 011/14 – Música no Teatro Paiol 2014
Período de inscrição: de 20 de março a 23 de abril de 2014.
Abaixo link de Acesso ao edital:

Edital n.º 013/14 – Ações de Leitura
Período de inscrição: de 20 de março a 22 de abril de 2014.
Abaixo link de Acesso ao edital:

Edital n.º 015/14 – Ciclos de Leitura
Período de inscrição: de 20 de março a 24 de abril de 2014.
Abaixo link de Acesso ao edital:

Edital n.º 012/14 – Capela Santa Maria
Período de inscrição: de 20 de março a 24 de abril de 2014.
Abaixo link de Acesso ao edital:

Edital n.º 014/14 – Análise e Criação Literária
Período de inscrição: de 20 de março a 22 de abril de 2014.

Edital n.º 010/14 – Difusão em Teatro 2015
Período de inscrição: de 30 de março à 30 de abril de 2014.
Abaixo link de Acesso ao edital:
http://www.fccdigital.com.br/Multimidia/documentos/Difusao_em_Teatro_EDITAL-010.pdf

Domingo tem passeio ciclístico em homenagem à cidade

O aniversário de Curitiba também será comemorado por ciclistas. O Passeio Ciclístico em homenagem aos 321 anos de Curitiba acontece neste domingo (30), com concentração marcada a partir das 9 horas em frente ao Supermercado Condor (Água Verde), na esquina das avenidas Bento Viana com Água Verde. A saída está prevista para as 10h. A atividade é organizada pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude em parceria com a rede de supermercados.
Serão aproximadamente 6 quilômetros de pedalada do ponto de partida até o Parque Barigui (estacionamento em frente ao Museu do Automóvel). Ao final da atividade, haverá sorteios de prêmios aos participantes.
O trajeto contará com a orientação de profissionais da secretaria municipal e suporte de segurança, com a presença de agentes de trânsito. Ambulância e um caminhão resgate, para levar as bicicletas que apresentarem problemas, também vão acompanhar o circuito.
O percurso do Passeio Ciclístico será o seguinte: Rua Bento Viana, Avenida Getúlio Vargas, Rua Brigadeiro Franco, Rua Padre Agostinho, Avenida Cândido Hartmann e Parque Barigui.

Brasileiro ganha prêmio internacional da literatura infanto-juvenil

(ABr) - O ilustrador brasileiro Roger Mello conquistou o prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantil e juvenil. A premiação aconteceu durante a Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália, que termina amanhã (27).
Mello é o primeiro ilustrador brasileiro a ganhar o prêmio. Antes dele, Lygia Bojunga e Ana Maria Machado venceram na categoria escritor. A honraria é atribuída pelo Conselho Internacional sobre Literatura para os Jovens a autores de literatura para a infância e juventude.
O ilustrador já havia sido indicado ao mesmo prêmio em 2010. Em 2002, recebeu o prêmio suíço Espace Enfants e foi vencedor do prêmio Jabuti nas categorias literatura infanto-juvenil e ilustração com o livro Meninos do Mangue, além de outros prêmios da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.
Em 2014, a Feira de Bolonha completa 50 anos e tem o Brasil como país homenageado. Além dos trabalhos de Roger Mello, mais de 50 artistas brasileiros têm seus trabalhos expostos no evento, como Ziraldo, Angela Lago, Eva Furnari, Ana Maria Machado, Ruth Rocha e Rui Oliveira.
A Feira de Bolonha é considerada a maior e mais importante feira de negócios do setor livreiro infantil e juvenil no mundo e o Brasil está representado por 40 editoras. Segundo o Ministério da Cultura, a expectativa de retorno, por ser o país homenageado na feira, é de que os autores e escritores brasileiros entrem com ainda mais força no mercado de livros da Europa. Após a homenagem na Feira de Frankfurt em 2013, as editoras brasileiras estimam faturamento de US$ 1,45 milhão, entre direitos autorais e obras impressas, para 2014.
A participação do Brasil na Feira de Bolonha é resultado da parceria entre Ministério da Cultura, Ministério das Relações Exteriores, Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil e Câmara Brasileira do Livro. A ministra da Cultura, Marta Suplicy, participa do evento. "É a segunda vez que somos o país homenageado nesta feira. No ano passado, também fomos homenageados, pela segunda vez, na Feira do Livro de Frankfurt. Isso mostra que a literatura brasileira, tal qual nosso país como um todo, desperta de forma muito significativa o interesse do Mundo", destacou a ministra, em nota.

terça-feira, 25 de março de 2014

Luiza Possi lança novo trabalho em pocket show no Shopping Curitiba

Para lançar os sucessos do seu novo trabalho “Sobre Amor e o Tempo”, Luiza Possi estará presente no próximo “Trajeto Lumen Ao Vivo”, marcado para este sábado, 26 de março, no Largo Curitiba do Shopping Curitiba. Madura e cheia de brilho, a cantora apresenta seu sétimo álbum e segundo ela, o melhor da carreira. “Nesse processo tive que me livrar de um monte de coisas, tive que abandonar um forte lado emocional, ser imparcial e afastar todo o apego. Fui atrás do que eu ia gostar de ouvir num disco”, diz.
O CD assume o acento orgânico do rock’n roll à MPB por onde Luiza nada de braçada. Dentro dessa fórmula de aproveitar o suor na mixagem, Luiza emprestou o espírito dos anos 1970, quando os artistas entravam em estúdio para só saírem quando tivessem uma obra conceitual e vigorosa.
Além de pocket show, ela participará de bate-papo com o público presente e ainda sessão de autógrafos, às 19h. Serão distribuídas 100 senhas, que poderão ser retiradas no dia do evento, na Livraria Cultura.
A entrada é gratuita e as entrevistas serão transmitidas ao vivo, pela Rádio Lumen FM (99.5). Mais informações no fone 3271-4700 (Rádio Lumen FM).

O “Trajeto” - A rádio Lumen FM realiza o projeto “Trajeto Lumen ao Vivo” desde 2011 com intuito de fomentar e divulgar a cultura em Curitiba e aproximar artistas do público curitibano. Em 2013, o projeto entrou na terceira temporada, que conta com a parceria do Shopping Curitiba e já contou nomes como Ellen Oléria, Wilson Simoninha, Ronaldo Fraga e Paula Lima.

Arte digital no “Homem Nu” nos 321 anos de Curitiba

Em comemoração aos 321 anos de Curitiba, a icônica estátua do “Homem Nu”, instalada na Praça 19 de Dezembro, vai ser objeto de uma performance de arte digital das 19 às 24h de 29 de março. A superfície da obra do escultor Erbo Stenzel servirá como suporte para a projeção de grafismos e elementos 3D. Fruto da parceria entre a Fundação Cultural de Curitiba, a empresa Connect Net e os artistas Pericles Victor (VJ Picles) e Manolo Fraga (Iluminous), o projeto “Homem Digital” pretende despertar novos olhares e evidenciar detalhes do monumento. Segundo um dos idealizadores da performance, Guaianases Malinowski, o projeto é de cunho totalmente artístico. “Estou muito feliz em realizar este projeto. Era um desejo antigo ver uma projeção neste ícone de Curitiba”, diz.

História – Inaugurada pelo governador Bento Munhoz da Rocha Neto em 1953, a Praça 19 de dezembro faz parte de um conjunto de obras entregues pelo governo da época em comemoração ao centenário da emancipação política do estado do Paraná. O “Homem Nu” só foi instalado no local em 1955, depois de longa viagem do atelier de Humberto Cozzo em Petrópolis onde foi esculpido. Projetada por Erbo Stenzel com interferência de Cozzo, a obra foi idealizada para representar o homem do Paraná e acabou alvo de polêmicas. Para alguns o monumento não tinha os traços do paranaense típico, para outros tamanha nudez era uma indecência.

Colheita do pinhão será permitida somente a partir de 15 de abril

(AEN) - Com o fim do verão e a queda das temperaturas é tradicional o consumo do pinhão, e é nessa época que as araucárias começam a amadurecer as pinhas para a reprodução da espécie. Por isso, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) alerta que a colheita e a comercialização do fruto somente será permitida no Estado a partir do dia 15 de abril.
É importante respeitar a maturação natural da pinha, pois além de ser nesse período que ocorre a proliferação da araucária, o fruto serve como alimento para diversas espécies da fauna. Dessa forma, garantimos a continuidade de sua existência e também podemos saborear os nossos pratos típicos nessa época”, explica o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto.
As normas e as instruções para a colheita foram editadas e estão estabelecidas na portaria do IAP 059/2014. O objetivo da regulamentação da colheita é garantir o consumo sustentável de forma a garantir a reprodução da araucária, árvore ameaçada de extinção e símbolo do Paraná.
O documento instrui os procedimentos para controle da exploração do pinhão e define outras providências. Assim, fica proibida a colheita do fruto de qualquer pinheiro (plantado ou nativo) e a comercialização das pinhas imaturas (que apresentam coloração verde, cujas sementes – pinhões – apresentam casca esbranquiçada e úmida) antes de 15 de abril.
Nesse período, qualquer pessoa que for flagrada em algumas dessas situações estará sujeita a responder a processo administrativo e a processo criminal, além de receber auto de infração ambiental. A multa é de R$ 300,00 para cada 60 quilos da semente.
Já estamos recebendo denúncias nos regionais do IAP e na Polícia Ambiental de situações de comercialização do pinhão, que está proibida. É preciso que as pessoas se conscientizem e respeitem o período de maturação do fruto”, afirmou o diretor de Controle de Recursos Ambientais do IAP, Mauro Scharnik.
Também está proibido o abate dos pinheiros nativos adultos portadores de pinhas nos meses de abril, maio e junho. Estão excluídos dessa proibição apenas os pinheiros autorizados por motivo de riscos pessoais e/ou materiais, de interesse social e/ou utilidade pública, para construções em áreas urbanas consolidadas e árvores oriundas de reflorestamento.

Central de ingressos para a Copa será no Shopping Pátio Batel

O espaço destinado à Central de Ingressos da FIFA (Ticket Centre) para Curitiba foi entregue na manhã desta terça-feira (25) à Match Serviço de Eventos, empresa nomeada pela FIFA e responsável pelo gerenciamento dos ingressos para a Copa do mundo de 2014. O espaço, localizado no subsolo do Shopping Pátio Batel (estacionamento piso S2), ainda passará por adequações para a implantação de equipamentos de Tecnologia da Informação (TI) e a partir de 18 de abril será aberto para atendimento ao público.
No local será feita a retirada de ingressos para jogos da Copa do Mundo, não só para os quatro confrontos marcados para Curitiba, mas também para os demais jogos que acontecerão em outras cidades-sede.
A Central de Ingressos FIFA na capital paranaense tem uma área total de 800 metros quadrados, sendo 500 de área externa e 300 de área interna. Nela estarão dispostos sete guichês com a presença de funcionários para a entrega dos ingressos ao público e outros três guichês de auto-atendimento. “É mais uma instalação que é pré-requisito da FIFA para a realização da Copa do Mundo em Curitiba e que está sendo entregue. A cidade tinha esse compromisso com a FIFA de entregar a central de ingressos, local que terá um grande fluxo de pessoas”, explica a assessora técnica da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo, Zelinda Morais da Costa, representante da Prefeitura de Curitiba na entrega do espaço.
Além dela compareceram ao evento o coordenador para Assuntos da Copa do Governo do Estado, Mario Celso Cunha, e representantes do Comitê Organizador Local (COL) da FIFA e da Match.
Em Curitiba, o único local para a retirada de ingressos para jogos da Copa do Mundo 2014 será a Central de Ingressos FIFA no Shopping Pátio Batel.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Hugh “House” Laurie se apresenta em Curitiba nesta terça-feira

Pela primeira vez, o Brasil recebe os shows do premiado ator e músico Hugh Laurie, interprete do Dr. House, na série de tv homônima. Acompanhado pela Copper Bottom Band, o astro britânico canta, toca piano e guitarra, comprovando porque tem recebido tantos elogios da crítica musical. A turnê faz uma escala em Curitiba, nesta terça, dia 25 de março, em única apresentação no Teatro Positivo às 21horas. Antes da capital paranaense, ele passou pelo Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. Depois segue para Porto Alegre (27) e São Paulo (29 e 30).
Como ator, Hugh Laurie ganhou projeção internacional por ter sido protagonista da série de TV “House”. Como músico, lançou o primeiro álbum, “Let Them Talk”, em 2011 e vendeu quase um milhão de cópias no mundo, revivendo clássicos do blues de New Orleans.
Em 2013, lançou o segundo álbum intitulado “Didn’t It Rain”. No novo trabalho, Hugh Laurie se despede dos clássicos sons de New Orleans rumo a uma nova trajetória, a do Blues Upstream, no coração da América. O álbum inclui canções de artistas pioneiros do blues, como WC Handy (“St. Louis Blues”) e Jelly Roll Morton (“I Hate a Man Like You”), até artistas mais recentes, como Dr. John (“Wild Honey”) e Alan Price, do The Animals (“Changes”).
“Eu resolvi ir adiante, mais profundamente no universo da música americana que me encanta desde que eu era muito pequeno", disse Hugh Laurie na época do lançamento do disco. "E quanto mais fundo eu vou, mais encantado eu fico - tanto pelas canções, quanto pelas pessoas com as quais eu tenho tido a sorte de poder dividir o palco”.
“Didn’t It Rain” foi produzido por Joe Henry e gravado no estúdio Oceano Way, em Los Angeles. Por este mesmo estúdio passaram artistas consagrados, como Ella Fitzgerald, Frank Sinatra e Nat King Cole.
Repetindo a dobradinha de sucesso de “Let Them Talk”, o acompanhamento musical ficou novamente por conta dos músicos da Copper Bottom Band. O álbum também conta com participações especiais como da cantora guatemalense Gaby Moreno, do cantor de soul Jean McClaim e do premiado cantor de blues Taj Mahal – que contribuiu com os vocais para uma nova versão de “Vicksburg Blues” (originalmente gravada pelo cantor e pianista Little Brother Montgomery).
Nas apresentações em solo brasileiro, o ator e músico britânico cantará e tocará, no piano e na guitarra, releituras de hits do blues, jazz e R&B, como "Unchain My Heart", "Careless Love" e "Saint Louis Blues", presentes em seu trabalho mais recente.
Informações sobre ingressos: 3315-0808 ou www.diskingressos.com.br.

Três exposições vão até este domingo no Museu Oscar Niemeyer

As mostras “Jayme Bernardo, Designer”, “Nuno Ramos, Anjo e Boneco” e “Roger Ballen: Transfigurações, Fotografias 1968-2012” ficam em exposição até o próximo domingo, dia 30 de março, no primeiro andar do Museu Oscar Niemeyer (MON).
O arquiteto e designer Jayme Bernardo sempre desenhou, desde que era estudante da Universidade Federal do Paraná, móveis exclusivos para seus projetos de interiores. Em 2010 criou um departamento específico de design em seu escritório. A mostra exibe 22 peças de mobiliário, resultado de seu trabalho de design com linhas assinadas e produzidas em escala industrial, entre mesas, aparadores, bancos, pufes, cadeiras, poltronas e sofás de autoria de Jayme e sua equipe – a divisão de seu escritório denominada “Jayme Bernardo Design”. Com curadoria de Consuelo Cornelsen, as peças podem ser vistas na sala 05 do museu.
“Anjo e Boneco” é uma mostra do artista Nuno Ramos que traz uma série de desenhos em larga escala, todos feitos em guache, carvão e pastel seco, e dois quadros em grandes dimensões, feito com materiais diversos, produzidos especialmente para a exposição no MON. O título da exposição é parte de um verso extraído da obra “Elegias de Duíno”, de Rainer Maria Rilke – “Anjo e boneco: haverá espetáculo”. A mostra está instalada na sala 04.
A exposição “Roger Ballen: Transfigurações, Fotografias 1968-2012” (foto) é a primeira retrospectiva do fotógrafo na América Latina e tem curadoria de Daniella Géo. Considerado um dos fotógrafos mais respeitados internacionalmente, Ballen apresenta no MON uma seleção com oito séries fotográficas, que cobrem desde os seus trabalhos iniciais até a sua pesquisa mais recente. As obras estão em exposição na sala 08.
As mostras podem ser visitadas das 10h às 18h e os ingressos custam R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia-entrada para professores e estudantes com identificação).

Curitiba terá festa nos bairros, parque novo e bolo para comemorar seus 321 anos

A Prefeitura de Curitiba programou atividades especiais para comemorar o aniversário de 321 anos da cidade, no dia 29 de março. O próximo fim de semana, nos dias 29 e 30 de março, terá bolo gigante, entrega de área verde, reabertura da Pedreira Paulo Leminski e muita diversão em todas as administrações regionais da cidade.
No dia 29, a festa começa às 9 horas, quando será entregue à cidade o Parque Guairacá, com 120 mil metros quadrados, localizado na Vila Rigoni, na Regional Portão, às margens do Rio Barigui.
Também no sábado está programada uma festa no Parque Barigüi, das 10h às 17 horas, com entrada livre. São 20 brinquedos infláveis, shows culturais, música e um bolo gigante para 5 mil pessoas, que será cortado às 16 horas, após cantar o “Parabéns” à cidade de Curitiba.
O palco principal apresenta o grupo de dança Guerreiros, com bailarinos de hip-hop com deficiência; e tambores de taikô do grupo Wakaba. Em todo o parque haverá recreação com monitores, campeonatos esportivos e cinema móvel.
A Praça da Cidadania, montada no Parque Barigüi, oferecerá gratuitamente serviços à população. As secretarias municipais terão atividades e orientações, como cuidados para a saúde da mulher e do homem, consumo responsável, meio ambiente, coleta seletiva, orientações sobre como terem uma vida mais saudável e apresentações culturais. Para as crianças haverá atividades recreativas, como brinquedos, contadores de história, oficina de desenho infantil, pintura de rosto e brinquedos infláveis, mini quadra de vôlei com o apoio do Instituto Leões do Vôlei – projeto patrocinado pelos jogadores Giba e Emanuel.
Outros eventos de entidades particulares marcarão a data de aniversário da cidade. A pedreira Paulo Leminski será reaberta no dia 29, com o show do cantor Roberto Carlos, e Curitiba vai participar, no dia de seu aniversário, da “Hora do Planeta”, um movimento global que une  pessoas para proteger o planeta. A partir das 20h30min, a cidade vai celebrar o compromisso com o planeta, desligando algumas luzes por um tempo previamente designado.

23º Festival de Teatro de Curitiba começa nesta terça-feira

A partir da noite desta terça-feira, quando começa a 23ª edição do Festival de Teatro de Curitiba, a capital paranaense se transformará num grande e vibrante palco onde entrarão em cena, até o dia 6 de abril, mais de 430 companhias de 19 estados brasileiros e de quatro países. Durante doze dias, o evento ocupará 65 espaços, entre ruas, calçadões, parques e praças, além dos principais teatros da cidade, promovendo um encontro entre pessoas, artes cênicas e entretenimento.
Nesta edição, a programação da Mostra inclui 35 espetáculos, sendo sete estreias nacionais e quatro de grupos estrangeiros. O Fringe, espaço aberto à participação de companhias interessadas em mostrar seu trabalho ao público, crítica e “olheiros” que acompanham o Festival, terá 400 montagens e dez eventos, no conjunto, vinte a mais do que no ano passado. O Festival contará, também, com outras atividades já consagradas: Risorama – festival de humor com stand up comedy e personagens -, Mish Mash - série de apresentações de variedades, incluindo mágica e arte circense -, Guritiba - programação voltada às crianças - e Gastronomix - quermesse de alta gastronomia com renomados chefs brasileiros.
Uma programação focada exclusivamente em teatro de rua – Sesi na Rua – possibilitará ao público assistir espetáculos de companhias que utilizam o espaço público como cenário. Essa mostra inclui a peça “El hombre venido de ninguna parte”, da companhia chilena Gran Reyneta, “O pequeno manual do cavaleiro andante”, “A Pereira da tia Miséria” e “Os gigantes da Montanha”.
A programação traz ainda os ensaios abertos de “Nus, Ferozes e Antropófagos”, produção franco-brasileira que reúne a companhia brasileira de teatro, o coletivo Jakart/Mugiscué e o Centro Dramático Nacional de Limousin, ambos franceses. Tem direção de Marcio Abreu, da companhia brasileira de teatro, e dos franceses Pierre Pradinas e Thomas Quilladert.
Leandro Knopfholz, diretor do Festival, destaca alguns aspectos importantes da Mostra. “Trabalhamos para formar um retrato abrangente do teatro brasileiro, combinando clássicos, nova dramaturgia, novas maneiras de encenar e a comunicação com outras artes”, conta.
Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.festivaldecuritiba.com.br e também nas bilheterias de Curitiba, localizadas no Shopping Mueller, Palladium Shopping Center e ParkShoppingBarigüi.

sábado, 22 de março de 2014

Orquestra Sinfônica do Paraná toca Mahler, Elgar e Villa-Lobos no domingo

Após o sucesso do concerto da última quinta-feira, a Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP) faz nova apresentação neste domingo (23), às 10h30, no Guairão, com o maestro argentino Dante Anzolini. No programa, a mais conhecida e também a mais importante das peças de Gustav Mahler, a “Sinfonia nº 5 em Dó menor”, considerada divisora de águas na obra do compositor austríaco. Dividida em três partes, a obra organiza a narrativa musical partindo do trágico e caminhando para o triunfo.
Fazem parte do programa também as “Bachianas Brasileiras nº 4”, de Heitor Villa-Lobos, que integra uma série de nove composições escritas entre 1930 e 1945 para diversas formações; e a “Serenata Para Orquestra de Cordas, Opus 20”, de Edward Elgar.
O maestro Dante Anzolini tem em seu currículo trabalhos com várias orquestras europeias, além de ter trabalhado com o compositor americano Philip Glass em vários projetos, incluindo óperas e sinfonias. Anzolini também é compositor de várias peças para piano, violino solo, música de câmara e orquestra, entre elas a primeira versão para piano das Variações para Orquestra de Schoenberg.
Anzolini estudou violino, viola, oboé e percussão, além de desenvolver carreira profissional como pianista e cravista, paralelamente a estudos de matemática e à atividade como regente coral. Aceito na Universidade de Yale, recebeu dois Masters e um Doutorado sob orientação do maestro brasileiro Eleazar de Carvalho.
Nos Estados Unidos, foi diretor musical das Orquestras Sinfônica e de Câmara, do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e diretor do Programa de Orquestra no New England Conservatory em Boston (EUA). Em 2001 fez sua estreia no Carnegie Hall com a American Composers Orchestra e, em 2008, no Metropolitan, também de Nova York, regendo o maior sucesso da ópera contemporânea dos últimos anos, a Satyagraha, de Philip Glass. Hoje, Anzolini é o principal regente convidado em Linz (Áustria).
Os ingressos para o concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná deste domingo custam R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia) . A apresentação é indicada para maiores de 7 anos.


Dú Gomide lança CD com espetáculo no Teatro do Paiol

Neste domingo (23), o multi-instrumentista Dú Gomide comanda o show de lançamento de seu primeiro álbum solo, intitulado “All In”, às 19h, no Teatro do Paiol. O espetáculo conta ainda com Denis Mariano (bateria), Cassiano Ricardo (baixo), Seu Zeba (efeitos e samples) e Fred Teixeira (samples, violão e voz). A apresentação completa-se com diversas participações especiais, como Sérgio Monteiro Freire (sax), Leandro Lopes (gaita de boca), Ricardo Verocai (Rhodes), Alonso Figueroa (teclado) e Bernardo Bravo (voz).
O músico paulistano Dú Gomide, radicado em Curitiba desde 1998, domina diferentes ritmos e gêneros, transitando com sucesso por todos eles, numa performance musical que vai do samba ao rock, do pop à MPB, do blues ao forró. Figura constante nos palcos da cidade, como integrante das bandas Serenô, Universo em Verso Livre, Real Coletivo e Rosa Armorial, atualmente participa do projeto "Essa noite vai ter sol", regravando músicas de Paulo Leminski. A experiência e a diversidade musical de Dú Gomide agora podem ser apreciadas no álbum “All In”, que reúne canções próprias, pontuadas pelas influências dos diferentes grupos dos quais o músico participa.
O show de Dú Gomide tem ingressos a R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia).